Ijuí/RS - Segunda-feira, 06 de Abril de 2020
10 de fevereiro de 2020

Um Oscar de surpresas e prêmios distribuídos

Há um grande vencedor no Oscar 2020, e não é pela quantidade de estatuetas recebidas, mas sim pelo significado destas conquistas. O filme sul-coreano “Parasita” surpreendeu, aparentemente, até seus realizadores, ao sair como grande vencedor do Oscar neste domingo.

 

A cerimônia dos melhores do cinema, em Los Angeles concedeu quatro Oscar para o longa sobre diferença de classes, dirigido por Bong Joon Ho (o mesmo de “O Hospedeiro” e “Okja”). O filme também se torna o primeiro não falado em língua inglesa a vencer na categoria de Melhor Filme. A produção levou ainda os prêmios de roteiro original, diretor e filme Internacional.

 

Já aquele que era considerado grande aposta como Melhor Filme, o drama de guerra “1917”, de Sam Mendes, foi reverenciado somente nas questões técnicas, levando para casa as estatuetas de Fotografia, Efeitos Visuais e Mixagem de Som. Nas categorias de atuação estavam os prêmios mais previsíveis, e que não surpreenderam.

 

 

Joaquin Phoenix e seu Coringa e Reneé Zellweger e sua Judi Garland foram considerados os melhores como Ator e Atriz. Brad Pitt e sua atuação no filme de Tarantino, e Laura em seu papel em “História de um Casamento” foram vencedores na categoria de coadjuvantes.

 

Apesar de atores de destaque e de sucesso no meio, foi o primeiro Oscar em atuação que Brad Pitt recebe, e no caso de Phoenix é o primeiro de sua carreira.

Fonte: Correio Do Povo
voltar
© Copyright 2019