Ijuí/RS - Quarta-feira, 04 de Agosto de 2021
Manchetes
Começam os preparativos da Semana da Pátria em Ijuí
Ijuí segue vacinação para pessoas de 27 e 26 anos
Ceriluz é campeão no prêmio Aneel, categoria acima de 10 mil unidades consumidoras
Estado lança programa para distribuir incentivos hospitalares de forma mais justa e transparente
Pouca umidade do solo evitou maiores danos na cultura em função das fortes geadas
Lideranças projetam ações para o desenvolvimento de Ijuí
Com alteração no recolhimento de lixo, prefeitura de Ijuí pretende adquirir contêineres para resíduos volumosos
Manifestantes pelo voto auditável impresso se reuniram neste domingo, 01, na Praça da República em Ijuí
Bozano dá inicio a programação alusiva ao Agosto Lilás, mês de prevenção a violência contra a Mulher
Nova empresa de recolhimento de resíduos faz trabalho em Ijuí
Ijuí-RS
O tempo agora
26 de janeiro de 2021

“Situação econômica segue ruim, apesar das flexibilizações”, avalia professor Argemiro Brum

Situação econômica continua ruim apesar das flexibilizações, com um quadro que não evolui satisfatoriamente, devido a presença ainda forte da pandemia e da falta de cuidados das pessoas. A leitura é do professor/ doutor, Argemiro Brum, feita durante entrevista ao Fatorama.

 

Ele criticou a falta de uma logística clara de distribuição das vacinas, projetando dificuldades para imunizar a população brasileira por conta disso. No ritmo atual, o país vai demorar mais de um ano para completar o ciclo e como há dúvidas quanto ao tempo de proteção da vacina, quando o processo estiver chegando ao final, os primeiros já terão que receber a segunda dose.

 

Argemiro Brum citou o governo negacionista, começando pelo presidente Bolsonaro, que na avaliação dele é uma espécie de vírus politico da má gestão. As brigas de beleza não ajudam, comparou o professor ao lembrar as desavenças entre o chefe da nação e o governador de São Paulo, João Dória.

 

Enfatizou que o fim do  auxílio emergencial também provoca um atraso, afinal, o dinheiro que contemplou milhares de cidadãos no ano passado, deixa de circular, e deixa os menos favorecidos mais expostos às dificuldades, completou o professor da Unijui.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019