Ijuí/RS - Sexta-feira, 12 de Agosto de 2022
Manchetes
Preço do Diesel cai 4% nas distribuidoras a partir desta sexta-feira
Redução das alíquotas de ICMS vai gerar rombo de R$ 7,7 milhões no caixa municipal
Números mostram que mulheres tem denunciado mais crimes de violência na DEAM de Ijuí
Prefeito em exercício vistoria obras em Coronel Barros
Rádio Repórter é a emissora mais ouvida - aponta pesquisa da Pódium
PREVIJUI está realizando prova de vida para servidores aposentados
Baile da Prenda Jovem ocorre neste sábado no CTG Clube Farroupilha
Lançado o programa Protagonismo Juvenil em Ijuí
Lâmpadas de LED começam a ser instaladas em Ijuí
Preso homem suspeito de tentar matar a companheira a facadas em Ijuí
Ijuí-RS
O tempo agora
10 de março de 2021

Sindilojas Noroeste sugere ao prefeito Andrei Cossetin medidas para amenizar o impacto financeiro causado pela pandemia

O Sindilojas Noroeste encaminhou ofício ao prefeito Andrei Cossetin, sugerindo medidas para amenizar o impacto financeiro causado pela pandemia. O setor sugere medidas urgentes a serem implementadas pela prefeitura municipal, com relação ao setor terciário com vista a amenizar os efeitos da pandemia no comércio.

De acordo com o Bruno Alberto Hass, Presidente Sindilojas Noroeste, a um ano o setor já vem sofrendo muitas perdas com as restrições, redução na circulação de pessoas que resultaram em imediata queda nas vendas. A preocupação agora é com a nova rodada de restrições impostas pelo governo do estado que resultou na interrupção total das atividades.

Hass destaca que é preciso dar um folego às empresas, pois, a situação se torna extremamente grave, sem o ingresso de receitas para arcar com compromissos contínuos, como a folha de pagamentos.

A proposta do Sindilojas Noroeste, sugere a suspensão ou prorrogação temporária da cobrança do ISS, redução temporária das alíquotas do ISS, suspensão temporária das inscrições em dívida ativa com relação ao ISS, concessão de parcelamento, sem a exigência de garantias, para os débitos de ISS, prorrogação da validade das certidões negativas de débitos até dezembro de 2021.

Ainda conforme a entidade, a adoção de tais medidas trará alivio, ainda que temporariamente, a situação financeira das empresas, e, contribuirão para preservar a maior parcela possível das reservas para o pagamento de funcionários e manutenção de empregos.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019