Ijuí/RS - Quinta-feira, 16 de Setembro de 2021
Manchetes
Modelo instituído para trabalho de apenados na Modulada será apresentado na Assembleia Legislativa
Digitalização de 2 milhões de processos será concluída até início de 2022, diz Presidente do Conselho de Comunicações do TJ-RS
Caminhão com placas de Ijuí tomba em Santiago
Aumentou movimento de microempreendedores junto a Sala do Emprendedor
Famurs faz encontro com prefeitos e diz que nenhum município será extinto
SMS espera intenso movimento de jovens para vacinar contra a Covid-19
Coronel Barros suspende temporariamente aplicação da vacina AstraZeneca
Câmara de Vereadores terá sessão ordinária na terça-feira
HCI implanta núcleo de ensino e pesquisa clínica
BM prende no centro homem foragido da justiça
Ijuí-RS
O tempo agora
8 de fevereiro de 2021

Servidores do IFFar aprovam projeto para desenvolver secador de sementes 4.0

Servidores do Instituto Federal Farroupilha – Campus Panambi aprovaram um projeto junto à Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (Fapergs) para desenvolver um protótipo de secador direcionado a Unidades Beneficiadoras de Sementes (UBS), alinhado aos conceitos da indústria 4.0.   O projeto será realizado em parceria com a empresa Zampronio, que produz e comercializa secadores de sementes há mais de 10 anos, atendendo diversos países.

 

Para realização do projeto será aplicada uma nova concepção de secagem de sementes no Brasil que utilizará vapor superaquecido e transporte pneumático. Esse processo será viabilizado pela conectividade entre os sensores de temperatura e umidade e os equipamentos de movimentação/disposição de sementes.

 

Como resultado do projeto, espera-se desenvolver uma nova linha de produtos que irá reduzir em até 28% os custos operacionais de secagem de semente por unidade processada, além de reduzir em até 40% a emissão de gases do efeito estufa e emissões atmosféricas.

 

Para o Volnei Meneghetti e Marcelo Bataglin, docentes do IFFar – Campus Panambi e coordenadores do projeto, apoiar o desenvolvimento e a implantação de novas tecnologias em empresas da região é uma das funções sociais dos Institutos Federais. Ao final do projeto, o protótipo criado será doado ao Campus Panambi, a fim de que futuros estudos aplicados sejam desenvolvidos por alunos e servidores da instituição.

 

Por meio dessa parceria pretende-se, ainda, registrar o software de gestão do Secador 4.0 e também registrar a patente de invenção do método de secagem de sementes com vapor superaquecido.

 

O projeto será iniciado em fevereiro de 2021, com subvenção de R$300.000,00. Há perspectiva de seleção de um aluno bolsista para atuar no projeto.

Fonte: Assessoria de Comunicação Instituto Federal Farroupilha - Campus Panambi
voltar
© Copyright 2019