Ijuí/RS - Quarta-feira, 23 de Junho de 2021
Manchetes
Ação integrada da Receita Estadual e PGE em Passo Fundo gera ingresso de R$ 58 milhões aos cofres públicos
Prisão de foragido por furto qualificado em residência em Ijuí
Coronel Barros faz terceira doação do ano ao HCI
Operação Alquimia é deflagrada em Ijuí contra organização criminosa que atua na falsificação, transporte e comercialização de agrotóxico
Boletim epidemiológico divulga mais dois óbitos em Ijuí
Comando da BM participou de Sessão da Câmara de Ijuí esclarecendo episódio ocorrido no início do mês
Problemas de iluminação pública seguem em Ijuí após administração municipal adquirir reatores e lâmpadas, mas produto que chegou era recondicionado
Aumenta em Ijuí e região o número de golpes de empréstimos consignados
Ao falar dos 86 do HCI, presidente da instituição afirma que situação do hospital está evoluindo com realização de auditorias
Maioria dos óbitos em Ijuí em junho está na faixa dos 50 aos 67 anos
Ijuí-RS
O tempo agora
11 de maio de 2021

Secretário Lucchese defende projeto de Guarda Municipal em Ijuí e Iluminação Led em toda cidade e interior

O Secretário de Desenvolvimento Urbano, Obras e Trânsito, em entrevista na Repórter, anunciou projetos e ações que estão previstas, antecipando que será colocada em discussão a criação de uma guarda municipal e o cercamento eletrônico da cidade.

Sobre a guarda municipal, Márcio Lucchese definiu como um projeto audacioso, que está está em andamento. Citou cidades visitadas para conhecer o funcionamento – Chapecó e Caxias – num projeto que vai ajudar muito na segurança pública, acredita o secretário.

O projeto prevê a migração de agentes de trânsito, que passariam por uma qualificação especial. “O guarda municipal tem poder de polícia”, observou Lucchese, e atua armado. A ideia é que a guarda possa ser responsável por cerca de 40 quadras da região central.

Outro projeto anunciado pelo titular da Pasta de Desenvolvimento Urbano é o cercamento eletrônico, com reconhecimento facial. Deve ser instalado em 70 pontos estratégicos nos acessos à cidade. O monitoramento seria feito pela guarda municipal. A ideia, segundo Márcio Lucchese, é de realizar o processo de licitação ainda neste ano, colocando em prática no ano que vem.

O secretário abordou outros temas na entrevista concedida à Mais Popular. Os danos deixados no asfalto por obras da Corsan foi um deles. Explicou que o município não pode efetuar o serviço de operação tapa buracos nesses locais, pois já paga a companhia pelo conserto.

Falou do Comitê criado no município para acompanhar e cobrar a Corsan, que surtiu efeito no início, mas voltou a ficar moroso.

Anunciou ainda a volta em breve da cobrança do estacionamento, colocando em funcionamento os parquímetros. Disse que se fosse pelo prefeito Andrei Cossetin, a cobrança não seria retomada nesse momento, mas justificou que que há uma legislação que precisa ser cumprida. Projeto de terceirização do estacionamento pago está em discussão na administração.

O secretário também fez referência ao que definiu como “coisas estranhas” acontecendo, e que “vai descobrir”. Se referia a processos internos, em que um encaminhamento feito a partir do setor de obras, não chega ao destino final, com uma espécie de boicote dentro da prefeitura. “Já encontrei uma forma de rastreio”, comentou Lucchese.

O assunto em questão era a iluminação pública, e na solicitação para compra de materiais, o processo não teve andamento por interferência negativa de alguém dentro da administração. “O documento passa na mão de sete pessoas. Ou desaparece ou aparece rasurado”, contou, bastante contrariado, o secretário.

Ainda a respeito de iluminação, um grande projeto foi anunciado pelo secretário Lucchese. Cidade e interior receberão iluminação em LED, com substituição total das atuais “luminárias amarelas” que estão instaladas em boa parte da cidade.

 

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019