Ijuí/RS - Quinta-feira, 16 de Setembro de 2021
Manchetes
Digitalização de 2 milhões de processos será concluída até início de 2022, diz Presidente do Conselho de Comunicações do TJ-RS
Caminhão com placas de Ijuí tomba em Santiago
Aumentou movimento de microempreendedores junto a Sala do Emprendedor
Famurs faz encontro com prefeitos e diz que nenhum município será extinto
SMS espera intenso movimento de jovens para vacinar contra a Covid-19
Coronel Barros suspende temporariamente aplicação da vacina AstraZeneca
Câmara de Vereadores terá sessão ordinária na terça-feira
HCI implanta núcleo de ensino e pesquisa clínica
BM prende no centro homem foragido da justiça
Presidente do São Luiz avalia primeiro ano de mandato e diz que objetivo “é deixar o Clube nos trilhos”
Ijuí-RS
O tempo agora
16 de abril de 2021

São Luiz: Dúvida na zaga permanece antes de enfrentar o Brasil no domingo

O período prolongado entre o último jogo, em Porto Alegre, diante do São José, e o próximo, contra o Brasil, domingo, em Pelotas, parecia sufieicente para a recuperação de todo o grupo do Rubro, após a maratona de nove jogos da fase de classificação. Mas nao foi assim. Para a “decisão” no Bento Freitas, às 20 horas, no próximo domingo, o técnico Paulo Henrique ainda não sabe se poderá contar com o zagueiro Jadson. Uma coisa é certa: a zaga não será titular já que Rafael Goiano não estará recuperado a tempo, em razão de lesão muscular.

 

Nos treinos da semana, João Marcus, o reserva imediato do setor, teve a companhia de Gustavo Marins, 19 anos, um dos três jovens que o Grêmio emprestou ao São Luiz. Caso Jadson não possa atuar, Marins poderá fazer a sua estreia no Gauchão e atuando como profissional, já que tem partidas somente pela base do Grêmio. Jadson já voltou aos treinamentos, mas nesta quinta-feira, trabalhou em separado, já que o trabalho foi em quadra sintética. Ele estará no grupo que viaja a Pelotas mas não tem presença garantida entre os 11 que começam.

 

No ataque, Paulo Henrique lamenta a ausência de Juba, “pela experiência e qualidade que dá ao time”. Lesionado, está no Departamento Médico e é descartada sua escalação. Assim, o técnico deve promover a entrada na lateral direita de Mizael, ex-titular da posição, com Lucas Carvalho ganhando o ataque pelo lado direito, fazendo a função de extrema. Ariel, que jogaria pela direita, com a saída de Juba vai para o flanco esquerdo.

 

O técnico Rubro segue valorizando a pontuação conquistada, ao lembrar das dificuldades para a montagem do grupo. Agora, passadas nove rodadas, lamenta pontos perdidos contra o Pelotas, que empatou no final, e a derrota para o São José.

 

Mesmo se dizendo satisfeito com a garantia de vaga no Gauchão de 2022, Paulo Henrique quer mais.
“Uma vaga na Série D seria ótimo”, diz ele, já projetando a sequência do trabalho pós campeonato no São Luiz. Para chegar a essa conquista, o São Luiz precisa superar Aimoré, Novo Hamburgo, Esportivo e o Pelotas. A primeira vaga, nesse momento para a D, está sendo conquistada pelo Caxias.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019