Ijuí/RS - Sábado, 25 de Setembro de 2021
Manchetes
Brigada Militar de Jóia recebe viatura do 29ºBPM.
HCI realiza procedimento inédito para tratamento de nódulos na tireóide
Secretaria de Desenvolvimento Social registra mais de 500 pedidos por telhas
Prefeito de Joia mobiliza equipes para recuperar estradas danificadas pela chuva
Aposentados e Pensionistas tem expectativa de receber 14º salário em dezembro
Vereador Paulo Braga lamenta recorrência do descarte irregular de lixo
Semana do Trânsito em Ijuí teve palestra com a PRF para motoristas da prefeitura
Ijuí começa segunda-feira imunização a partir de 15 anos e antecipa amanhã segunda dose de vacinas
Em defesa dos cavalos, promotor diz que “Vida digna para nós cidadãos é não ver estes animais velhinhos, fraquinhos puxando peso que não podem suportar”
Secretários de educação da AMUPLAM se encontraram em Condor
Ijuí-RS
O tempo agora
12 de setembro de 2020

Santo Ângelo é uma das primeiras 80 cidades do país que recebeu o projeto Cidade Digital

Em agosto de 2015, na administração do ex-prefeito Valdir Andres, Santo Ângelo recebeu a instalação de internet através do projeto Cidade Digital do governo federal. Dentre os 80 municípios contemplados no país, Santo Ângelo recebeu o maior anel de fibra óptica e o maior número de pontos. Com 30 quilômetros de extensão, a rede interligou virtualmente 30 órgãos governamentais do município, como secretarias e algumas escolas, e outros quatro pontos públicos – as praças Pinheiro Machado e Ricardo Leônidas Ribas, o Centro Municipal de Cultura e o Parque de Exposições Siegfried Ritter. Para a implantação da rede de fibra óptica em Santo Ângelo, o governo federal investiu R$ 1 milhão. No total, foram aplicados R$ 55 milhões em todo o país. Com o Cidade Digital, Santo Ângelo recebeu softwares públicos gratuitos para os setores financeiro, tributário, de saúde e educação. Os servidores, foram capacitados no uso específico dos aplicativos e da rede, agilizando o atendimento à população. Através da instalação dos pontos, a população de Santo Ângelo passou a acessar a internet gratuitamente em quatro pontos do município: Praça Pinheiro Machado, Praça Ricardo Leônidas Ribas (a Praça do Brique), Complexo de Lazer Assis Brasil Ramos Escobar e Parque de Exposições Siegfried Ritter. Segundo informações apuradas pela equipe de reportagem do jornal A Tribuna, a prefeitura tem um gasto mensal com a manutenção do sistemas, que gira em torno de R$ 18 mil, mais R$ 5 mil com locação de postes.

 

LOCAIS COM INSTALAÇÃO DE INTERNET

 

Através do projeto foram instalados pontos de internet nos seguintes locais: l Departamento Municipal de Trânsito l Centro Administrativo Siegfried Ritter l Posto de Saúde Subuski l Semma l CRAS Missões lMuseu Olavo Machado l Centro Administrativo (Prefeitura) l Câmara de Vereadores l Procuradoria Geral do Município l Secretaria de Obras l EMEI Sônia Nascimento Vieira l Posto de Saúde São Carlos l EMF Liberato S.V. da Cunha l Secretaria de Transporte e Agricultura l Secretaria Municipal de Educação l E.M. Margarida Pardelhas l UPA Unidade de Atendimento l Secretaria de Saúde PSF e Centro de Apoio l Secretaria de Cultura e Turismo l Jardim de Infância Bem- -me-quer l Praça Leônidas Ribas l Departamento de Esporte l Posto de Saúde 22 de março l Sec. Mun. de Assistência Social e de Habitação l Centro de Atenção Psicossocial l Posto da Polícia Militar Zona Norte l EMEI Mathilde Ribas Martins l Posto de Saúde Dido l EMEF Sagrada Família l EMEF Marcelino Champagnat

 

NOVOS PONTOS

 

A equipe de reportagem do jornal A Tribuna também apurou que a partir desses pontos de internet do projeto Cidade Digital, foram utilizadas antenas via rádio para espalhar o sinal à outros locais não contemplados inicialmente. Dessa forma, o município, secretarias e outros órgãos, fazem parte de uma única rede de internet, tornando o processo mais seguro e confiável, pois todo tráfego que sai da prefeitura para a internet pode ser rastreável, permitindo com isso saber ou bloquear tráfegos indevidos, tais como pornografia, pedofilia, jogos de azar, dentre outros tipos de tráfego indevido.

 

SÃO MIGUEL DAS MISSÕES

 

Outro município que também foi contemplado com o projeto Cidade Digital foi São Miguel das Missões. Em entrevista com o prefeito Hilario Casarin sobre o projeto, o prefeito disse que na época foram investidos mais ou menos R$ 1 milhão pelo governo federal para desenvolver o projeto no município. Casarin afirmou que a internet funciona muito bem e o custo que a prefeitura tem é somente de manutenção.

Fonte: Rádio Repórter - A Tribuna
voltar
© Copyright 2019