Ijuí/RS - Domingo, 26 de Janeiro de 2020
19 de dezembro de 2019

Salário mínimo para 2020 é aprovado pelo Congresso sem aumento real

A partir de janeiro o salário mínimo passa de R$ 998 para R$ 1.031, um reajuste que não representa aumento real para o trabalhador, apenas repõe a inflação do ano. O valor ficou 9 reais abaixo da primeira projeção, anunciada pelo governo em abril deste ano que indicava um salário mínimo de R$ 1.040.

 

 

O valor foi corrigido levando em consideração apenas o índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Segundo cálculos da equipe econômica do governo federal, para 2020, cada R$ 1 a mais no salário mínimo as despesas da União aumentam cerca de R$ 320 milhões.

 

Em entrevista à Uirapuru, o economista Julcemar Zilli explica que o aumento de R$ 33 apenas mantém o poder de compra do trabalhador e que representa o equilíbrio do salário com o aumento dos preços médios do ano passado. O economista também salienta que não haverá grandes impactos aos empresários que já repassaram os preços aos seus produtos e serviços.

 

 

 

Conforme Zilli, até 2016 o aumento do salário mínimo era maior do que a inflação porém, com a recessão, os reajustes passaram a cobrir, apenas, a inflação. Para 2020 o economista prevê uma melhora no cenário econômico devido aos índices que já são observados.

 

 

 

 

 

Conforme Zilli, as taxas de juros são as mais baixas da história, incentivando os investimentos, além disso a bolsa de valores está batendo recordes o que representa confiança dos investidores nas empresas brasileiras.

Fonte: Correio Do Povo
voltar
© Copyright 2019