Ijuí/RS - Domingo, 07 de Agosto de 2022
Manchetes
3° suspeito de homicídio por tráfico de entorpecentes e mulher que estava foragida são presos pela Brigada Militar
29º BPM prende 2º suspeito de homicídio, por tráfico de entorpecentes em Ijuí
29º BPM prende homem por tráfico de entorpecentes em Ijuí
Prerrogativas da advocacia e lei do abuso de autoridade foi tema de evento na OAB de Ijuí
Festival do queijo e do vinho do Rotary tem todos os ingressos vendidos
Câmara inicia a implantação do Processo Legislativo Eletrônico
Igor Pavan é mais um contratado para defender o gol do São Luiz
HCI tem recursos garantidos pelo Ministério da Saúde para aquisição de novo Acelerador Linear
Médico oncologista de Ijuí participará de congresso europeu sobre diagnostico e tratamento do Câncer
Mulher é atingida com 12 golpes de faca em tentativa de feminicidio registrada em Ijuí
Ijuí-RS
O tempo agora
23 de fevereiro de 2021

Rotina em Ijuí se altera a partir das 20 horas desta terça com novo decreto em vigor

Prefeito Andrei falou na manhã de hoje em coletiva de imprensa que os profissionais de saúde estão sobrecarregados, e aproveitou para fazer um agradecimento a todos que estão em linha de frente.

 

Definiu como situação atípica o movimento dos últimos dias, com ação imediata do município para enfrentar o mais delicado momento. “Até pouco tempo”, disse ele, “éramos uma ilha de bandeira laranja”, mas a situação se alterou devido o que chamou de retorno das festas e a recente movimentação com o carnaval, quando muitos podem ter se contaminado. “Graças a Deus não estamos na bandeira preta”, disse Andrei Cossetin.

 

“Precisamos dar uma resposta para o cidadão de bem, que irá entender nossa decisão”, disse o prefeito Andrei Cossetin, ao se posicionar em reunião de quase 3 horas de duração no início da noite desta segunda-feira. A decisão envolve a permanência de Ijuí na bandeira vermelha, não sendo utilizado o sistema de cogestão mantido pelo governo do estado.

 

A decisão se deve muito em função dos números de atendimentos nos últimos dias, muito acima do que vinha sendo verificado. Entre o sábado e o domingo, houve mais atendimentos que durante toda a semana passada inteira, disse o prefeito Andrei Cossetin.

 

Ao longo da semana passada, foram 150 atendimentos, e somente no fim de semana passou de 360 consultas, revelou o prefeito. “Os casos estão aumentando muito; Ijuí não é uma ilha”, disse Andrei, ao pedir para a população se cuidar e se preservar dos riscos da doença, ao falar “demanda gigantesca”. Andrei Cossetin se dirigiu aos empresários, pedindo compreensão e apoio.

 

“Não decretar a vermelha nesse momento, pode significar o caminho para a preta”, afirmou na reunião o secretário da Saúde. Ao analisar a alta procura no Centro de Triagem, Márcio Strassburger projeta que pelo menos até quinta-feira os atendimentos estarão nesse patamar, que é o mais alto desde o início da pandemia.

 

A segunda-feira bateu o recorde desde a abertura do Centro de Triagem no Ginásio Wilson Mânica, em abril do ano passado. Por outro lado, o prefeito explicou que “o número de profissionais atuando no Centro de Triagem neste início de semana superou as equipes que atuavam no Ginásio.

 

Mesmo se fosse mantido o Ginásio como Centro de Triagem, pessoas ficariam aguardando do lado de fora, exemplificou o prefeito, respondendo aos questionamentos de quem perguntava sobre a mudança de local.

 

Os maiores problemas tem sido os bares, quadras de futebol e lojas de conveniência. Também foram citados na reunião de ontem igrejas em bairros, com fiscais sofrendo seguidas ameaças.

 

A conclusão é de que a falta de conscientização é o maior problema. Relatos sobre os atendimentos nos últimos dias revelam que maioria mora com jovens, que “saem para festa e trazem o vírus para pais e familiares mais velhos”, disse um dos participantes da reunião com o prefeito. Em relação às quadras esportivas, o relato dos fiscais é de que “o pessoal joga e fica bebendo”.

 

Com a manutenção da bandeira vermelha, a rotina em Ijuí se altera hoje a partir das 20 h. O governo do Estado ampliou a restrição das atividades para o período entre 20h e 5h.

 

Ações severas serão adotadas, principalmente para reincidentes, já que segundo Ortiz Schroer Júnior, Chefe da Vigilância em Saúde, “são sempre os mesmos”. A lista contem pelo menos 12 estabelecimentos conhecidos por desobedecer as regras neste período de pandemia, incluindo também bares, postos e restaurantes.

Fonte: Rádio Repórter - Foto Divulgação
voltar
© Copyright 2019