Ijuí/RS - Domingo, 20 de Junho de 2021
Manchetes
Estado recebe e distribui vacinas Coronavac nesta sexta-feira
SMED de Ijuí fez entrega de agasalhos a Secretaria de Desenvolvimento Social
Cerca de 30% da área da cultura de trigo na região de Ijuí já está implantada
Secretaria de Desenvolvimento Social de Ijuí e Gabinete da primeira dama realizam várias ações no município
Vereador Pompeo de Mattos avalia trabalhos no legislativo municipal e não descarta possibilidade de concorrer a deputado estadual
Presidente da AMUPLAM questiona modelo do sistema de ocupação hospitalar utilizado pelo estado durante a pandemia
Comitiva de Ijuí busca apoio da superintendência do DAER em Cruz Alta para revitalização da ERS 218
Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Idosa está presente em 29 municípios da região de Ijuí
Ijuí registrou ontem 36 novos casos de covid-19
Casa familiar rural de Catuípe conclui semestre com aulas remotas
Ijuí-RS
O tempo agora
19 de fevereiro de 2020

Romildo descarta grama sintética na Arena: “Enquanto eu for presidente, não trocaremos”

A grama sintética está ganhando cada vez mais destaque no futebol brasileiro. Após a Arena da Baixada ter instalado gramado artificial em 2017, agora foi a vez do Allianz Parque, estádio do Palmeiras. A alternativa de um novo piso no estádio paulista se deu por conta dos inúmeros shows que ocorrem no local e que acabam impossibilitando que o alviverde atue na sua casa.

 

O investimento do Palmeiras foi de R$ 10 milhões, sendo 70% deste valor pago pela empresa que administra o estádio, a WTorre. Enfrentando muitos problemas com a situação do gramado da Arena nos últimos anos, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Junior, descartou a possibilidade de mudança.

 

— O Grêmio será o últimos dos moicanos. Enquanto eu for o presidente, não trocaremos a grama natural pela sintética — afirmou.

 

Os altos gastos com a manutenção do gramado natural o tornam mais caro quando comparado com o artificial. Além disso, o sintético tem a seu favor o fato de a grama não ser prejudicada quando estádios como o Allianz Parque e a Arena da Baixada recebem shows ou eventos. No caso da casa gremista, Romildo afirma que a Arena Porto-Alegrense, responsável pela administração do estádio, nunca propôs uma troca de piso.

 

— Os custos (da grama natural) não são tão altos, mas também não são baratos. Principalmente no inverno, quando há a necessidade de manter as luzes artificiais acesas. A Arena nunca nos procurou para que houvesse uma conversa para tratar do assunto de troca do gramado — explicou o presidente. — Particularmente, prefiro o gramado natural. O jogo fui melhor e parece mais bonito. O futebol sempre foi jogado em grama plantada na terra, vamos manter assim — finalizou.

Fonte: Correio Do Povo
voltar
© Copyright 2019