Ijuí/RS - Quinta-feira, 16 de Setembro de 2021
Manchetes
Digitalização de 2 milhões de processos será concluída até início de 2022, diz Presidente do Conselho de Comunicações do TJ-RS
Caminhão com placas de Ijuí tomba em Santiago
Aumentou movimento de microempreendedores junto a Sala do Emprendedor
Famurs faz encontro com prefeitos e diz que nenhum município será extinto
SMS espera intenso movimento de jovens para vacinar contra a Covid-19
Coronel Barros suspende temporariamente aplicação da vacina AstraZeneca
Câmara de Vereadores terá sessão ordinária na terça-feira
HCI implanta núcleo de ensino e pesquisa clínica
BM prende no centro homem foragido da justiça
Presidente do São Luiz avalia primeiro ano de mandato e diz que objetivo “é deixar o Clube nos trilhos”
Ijuí-RS
O tempo agora
18 de novembro de 2019

Renato reconhece que “Flamengo está muito acima de todos”,

O técnico Renato Portaluppi exaltou o espírito de luta do Grêmio após a derrota para o Flamengo neste domingo, minimizando o fato de que os adversários jogaram a partida com oito jogadores reservas. “Se vamos falar de time reserva, temos que falar dos nossos desfalques. Minha equipe foi ofensiva o jogo todo, no final principalmente, mas não podemos tirar os méritos eles: sai um, entra outro, eles mantém o ritmo. Mudam as peças, mas continuam bem”, elogiou comandante do Tricolor.

 

“O Flamengo vem há horas tendo o melhor futebol do Brasil,. No momento em que você gasta, a probabilidade é grande de vencer. Grêmio caiu do patamar e o Flamengo está muito acima de todos. Quem não reconhece ou está com ciúmes, o que não é o meu caso, ou está cego”, disse.

 

 

Questionado sobre sua mudança de posicionamento ao reconhecer o Rubro-Negro como o melhor time do Brasil, ele disse: “contra os números e contra a maré não vou nadar”. “Bato palmas para diretoria do Flamengo porque formaram um grupo para ganhar, tem jogadores muito acima da média de qualquer time daqui. É até difícil escalar esse time, mas meu time está de parabéns”, afirmou, ressaltando que continua confiante no trabalho feito com sua equipe e no desempenho dos últimos anos.

 

 

“Temos que colocar na balança o plantel dos dois. Estamos de parabéns. Meu clube não investiu nada e disputou três grandes competições. Nosso trabalho é excepcional, tem times que disputaram só uma e estão atrás de nós. Nossa briga não é só com Flamengo ou Palmeiras (adversário da próxima rodada), nossa briga é com todos os adversários, contra o Inter, o Corinthians”, defendeu, ressaltando que não havia nenhum sentimento de revanche na partida de hoje.

 

 

Renato garantiu que as últimas cinco rodadas do campeonato serão de “briga boa até o final”. “O importante é que minha equipe conseguiu cinco jogos e cinco vitórias desde a eliminação da Libertadores, ultrapassamos quem estava na nossa frente e conseguimos uma gordurinha. Eventualmente ela vai sumir, porque não podemos ganhar todas. Mas minha equipe não está lutando contra o rebaixamento, no meio da tabela. O Grêmio está no G-4. Com foco, concentração, vamos continuar lutando para nosso objetivo, que é esse”, garantiu

Fonte: Correio Do Povo
voltar
© Copyright 2019