Ijuí/RS - Sexta-feira, 03 de Dezembro de 2021
Manchetes
Aumenta número de pedidos de Proagro junto a Emater municipal
Gerente regional anuncia liberação de espaços externos do Sesc à comunidade
Veículo furtado em Santa Rosa é recuperado pela PRE
Secretário de Governança do Estado conclama eleitores da região a participar da Consulta Popular
"Aqui me sinto bem", diz Márcio Goiano sobre retorno ao São Luiz
Natal na Unijuí acontece neste domingo
14º Salário para segurados do INSS vai para a CCJ da Câmara dos Deputados
Executivo buscará junto a ACI, doação da marca Expo Ijuí Fenadi
Projeto de padronização da Avenida 21 de Abril prevê retirada dos canteiros centrais
Com ou sem recursos da LIC, cidade estará iluminada dia 12, diz prefeito
Ijuí-RS
O tempo agora
24 de outubro de 2019

Renato admite Grêmio abaixo, mas nega vexame: “Tomamos gols em cinco falhas”

Abatido, o técnico Renato Portaluppi demorou pra conceder entrevista coletiva após a goleada por 5 a 0 para o Flamengo, que eliminou o Grêmio na semifinal da Libertadores. Houve até uma mudança de protocolo – a ordem das entrevistas, inicialmente prevista para o visitante falar primeiro, foi invertida, e Jorge Jesus abriu a coletiva.

 

Quando falou, Renato reconheceu a atuação ruim no Maracanã, mas evitou falar em “vexame”, conforme foi atribuído na entrevista. “Tomamos cinco gols em cinco falhas. Hoje, jogamos muito abaixo do que a gente sabe. O Flamengo foi superior”, reconheceu o treinador.

 

Mais uma vez, voltou a citar a conquista de títulos recentes do Grêmio nos últimos anos, e lamentou a postura de que, na avaliação dele, na derrota “todo mundo é ruim”, além de chamar o resultado de surpreendente, pelo placar elástico. “Agora é levantar a cabeça e voltar a pensar no Campeonato Brasileiro. Temos um jogo importante contra o Botafogo”, resumiu.

 

O Grêmio teve desfalques importantes no jogo. Os meias Jean Pyerre e Luan estavam fora por lesão, e Michel começou no meio campo. Na lateral, a opção foi pelo improvisado Paulo Miranda. Renato reconheceu a necessidade de reavaliar o elenco para 2020, mas evitou falar em mudanças drásticas. “É sempre bom renovar, mas não é o momento de falar nisso. Sempre vou defender meu grupo. Nem todo mundo vai ganhar sempre. Hoje, o Grêmio perdeu”, disse.

 

Renato voltou a elogiar o Flamengo. Por repetidas vezes, antes dos confrontos, o treinador classificou os cariocas como os favoritos para avançarem à final da competição, em Santiago, no dia 23 de novembro. “Enfrentamos uma grande equipe, que montou um grande elenco para conquistas. Venceram com um placar elástico, e passaram merecidamente para a final”, elogiou.

 

Fonte: Correio Do Povo
voltar
© Copyright 2019