Ijuí/RS - Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021
Manchetes
Trabalho prisional na Modulada é case de sucesso a ser implantado em outras casas prisionais gaúchas
Assinado o contrato para obra de pavimentação asfáltica em Coronel Barros
Cronograma de imunização contra a Covid segue na Estação Cultura
“Não podemos encerrar essa linda história que a Expo Ijuí Fenadi tem”, diz presidente da UETI
Quase metade das escolas estaduais da região não tem candidatos a diretor. Eleição ocorre a partir de amanhã
Bazar Solidário do Bom Pastor arrecadou quase R$ 50 mil
Pelo menos 2 mil estudantes das redes Estadual e Municipal estão realizando a prova do Saeb
Defesa das universidades comunitárias será bandeira de Busnello a partir de hoje na Câmara
Ômicrom no Brasil? Brasileiro vindo da África, testa positivo para Coronavirus
Brigada prende 2 por furto de veículo em Catuípe
Ijuí-RS
O tempo agora
24 de novembro de 2021

Ranking da CLP mostra Ijuí como a 4ª cidade do Estado em Competitividade

O Centro de Liderança Pública (CLP) divulgou nesta semana a segunda edição do Ranking de Competitividade dos Municípios, que apresenta a realidade socioeconômica das 411 cidades com mais de 80 mil habitantes e Ijuí ganhou posições.

O levantamento tem o objetivo de mostrar como a competição no setor público é um elemento fundamental à promoção da justiça, equidade e desenvolvimento econômico e social dos municípios para garantir serviços de mais qualidade à população.

Ijuí aparece no levantamento da CLP como a 4ª cidade do Estado no ranking de competitividade à frente de Erechim, Santa Maria e Bento Gonçalves,entre outras cidades. No Brasil a posição do município é a de número 64.

Nesta segunda edição do Ranking de Competitividade dos Municípios, foram avaliadas as cidades brasileiras com população superior a 80 mil habitantes pela estimativa populacional do IBGE de 2019. Todos os municípios foram avaliados com base em 65 indicadores, distribuídos em 13 pilares temáticos e três dimensões consideradas fundamentais para a promoção da competitividade e a melhoria da gestão pública dos municípios brasileiros.

Sustentabilidade Fiscal, funcionamento da máquina pública, acesso e qualidade da saúde da população, saneamento, segurança, qualidade da educação, capital humano e dinamismo econômico estão entre os principais pilares analisados.

A capital gaúcha, Porto Alegre foi a primeira colocada do Estado seguida na sequência do ranking de Lajeado e Caxias do Sul. Entres os principais motivos da melhora da Capital no ranking está o ganho de 102 colocações em Taxa Bruta de Matrículas no Ensino Médio Técnico, a melhora de 54 posições em Acesso à Saúde e 53 em Qualidade de Saúde. Porto Alegre também permanece em destaque no pilar Inovação e Dinamismo Econômico, assim como em Capital Humano, onde subiu 30 posições, ocupando agora a 7ª colocação.

 

Fonte: Rádio Repórter - com informações Jornal do Comércio
voltar
© Copyright 2019