Ijuí/RS - Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2022
Manchetes
Incêndio é registrado no aterro sanitário
Congresso Nacional retoma atividades dia 1º e Pompeo diz que foco será aprovação do 14º dos aposentados e pensionistas
Ijuí já passa de 1,5 mil casos de Covid-19. Jovens entre 20 e 39 anos são os mais infectados
Multa de R$ 5 mil: SMMA já sabe quem descartou clandestinamente lixo em via que recém havia sido limpa por servidores da prefeitura
São Luiz anuncia contratação de mais um lateral esquerdo
Mesmo com atendimentos em queda no final de semana, número de infectados com Covid só aumenta em Ijuí
CNH do RS é a mais cara da região Sul do País
Prefeito de Nova Ramada está em Porto Alegre para assinar convênio de acesso asfáltico
Prefeito Andrei Cossetin está de férias
Bozano é contemplado com recursos do Programa Ilumina RS
Ijuí-RS
O tempo agora
28 de setembro de 2021

Prova de vida de segurados do INSS está suspensa até dezembro

Em sessão do Congresso nesta semana, os senadores derrubaram veto parcial que trata de medidas alternativas de prova de vida para os beneficiários da Previdência Social. Com isso a suspensão da prova de vida está mantida até 31 de dezembro deste ano. O veto do Senado ainda deve ser analisado pelos deputados federais.

Na justificação do veto derrubado pelos senadores, o Ministério do Trabalho argumentou que a norma contraria o interesse público, pois a suspensão da comprovação poderia implicar manutenção e pagamento indevido de benefícios que deveriam ser interrompidos.

A Lei 14.199, de 2021 tem origem no PL 385/2021, do senador Jorginho Mello (PL-SC), aprovado pelo plenário do Senado ainda em agosto. A proposta sofreu modificações durante sua tramitação na Câmara e foi aprovada na forma de um substitutivo.

A lei também trata de detalhes referentes a procedimento de prova de vida: torna isenta de pagamento de custas e emolumentos a lavratura de procuração e emissão de sua primeira via para fins exclusivos de recebimento de benefícios previdenciários ou assistenciais administrados pelo INSS; aumenta de seis meses para um ano o prazo de renovação do documento de procuração; e determina gratuidade de ligação telefônica, a partir de aparelhos fixos ou móvel aos usuários que procurarem tais tipos de serviços.

Fonte: Agência Senado/Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019