Ijuí/RS - Quarta-feira, 04 de Agosto de 2021
Manchetes
Vacinômetro mostra números da imunização em Ijuí
Lasier Martins disse na Repórter que voto auditável impresso não é retrocesso e sim uma forma do eleitor saber em quem realmente votou
Começam os preparativos da Semana da Pátria em Ijuí
Ijuí segue vacinação para pessoas de 27 e 26 anos
Ceriluz é campeão no prêmio Aneel, categoria acima de 10 mil unidades consumidoras
Estado lança programa para distribuir incentivos hospitalares de forma mais justa e transparente
Pouca umidade do solo evitou maiores danos na cultura em função das fortes geadas
Lideranças projetam ações para o desenvolvimento de Ijuí
Com alteração no recolhimento de lixo, prefeitura de Ijuí pretende adquirir contêineres para resíduos volumosos
Manifestantes pelo voto auditável impresso se reuniram neste domingo, 01, na Praça da República em Ijuí
Ijuí-RS
O tempo agora
7 de dezembro de 2020

Prisões de mães, por tráfico de drogas, já levaram o Conselho Tutelar a acolher 9 crianças em Ijuí, informa a presidente do Comdica

“Estamos muito receosos, preocupados com a situação com que Ijuí está vivenciando”. O comentário é da Presidente do Comdica- Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Cristiane Barasuol referente à situação que envolve a prisão de mulheres de traficantes presos, que seguiram tocando o negócio da venda de drogas, e, que deixaram filhos pequenos que precisaram ser entregues ao Conselho Tutelar de Ijuí.

 

Segundo Cristiane, nos últimos dias foram presas três mães envolvidas no tráfico e com filhos pequenos. Foram nove crianças acolhidas, com idades de 1 a 13 anos. Elas ficam em uma casa de passagem enquanto o CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social faz uma busca na família extensiva para verificar se há algum familiar das crianças que possa ficar com a guarda delas, enquanto os pais estão presos, explica a Assistente Social.

 

Cristiane Barasuol salienta, no entanto, que a guarda só é conferida depois de uma minuciosa avaliação psicológica e social para que seja certificado que as crianças estarão fora de qualquer risco com algum familiar. Caso não haja familiares ou se estes não atenderem os requisitos, as crianças são encaminhadas para lares ou abrigos de crianças e adolescentes.

 

“Apesar de estarem abrigadas e bem cuidadas essas crianças estão vulnerabilizadas, longe dos pais, passaram por riscos, foram expostas a violência”, destaca a presidente do Comdica. Ela conclui frisando que o Conselho está acompanhando de perto essas crianças e espera que essa situação não vire rotina em Ijuí.

Fonte: Redação Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019