Ijuí/RS - Domingo, 20 de Junho de 2021
Manchetes
Estado recebe e distribui vacinas Coronavac nesta sexta-feira
SMED de Ijuí fez entrega de agasalhos a Secretaria de Desenvolvimento Social
Cerca de 30% da área da cultura de trigo na região de Ijuí já está implantada
Secretaria de Desenvolvimento Social de Ijuí e Gabinete da primeira dama realizam várias ações no município
Vereador Pompeo de Mattos avalia trabalhos no legislativo municipal e não descarta possibilidade de concorrer a deputado estadual
Presidente da AMUPLAM questiona modelo do sistema de ocupação hospitalar utilizado pelo estado durante a pandemia
Comitiva de Ijuí busca apoio da superintendência do DAER em Cruz Alta para revitalização da ERS 218
Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Idosa está presente em 29 municípios da região de Ijuí
Ijuí registrou ontem 36 novos casos de covid-19
Casa familiar rural de Catuípe conclui semestre com aulas remotas
Ijuí-RS
O tempo agora
29 de abril de 2021

Prisão por porte ilegal arma de fogo em Ijuí

No início da noite de ontem, 28, uma guarnição da Brigada Militar de Ijuí fazia o patrulhamento de rotina na Av. Getúlio Vargas, no Bairro Assis Brasil, quando abordou um veículo Ford Focus de cor prata em atitude suspeita.

O condutor do veículo foi identificado como um homem de 44 anos, natural de Ijuí com antecedentes criminais por ameaça, vias de fato e lesão corporal. Como passageiros havia duas mulheres em situação normal.

Durante a busca veicular foi localizado sob o banco traseiro uma arma de fogo tipo revólver cal. .38, com 05 munições intactas, ainda no interior do veículo foi localizado um facão e um cassetete de madeira e uma arma de choque. O condutor do veículo assumiu a propriedade da arma de fogo, afirmando que era para a sua proteção.

O veículo foi autuado e recolhido ao guincho do Detran, uma vez que o condutor se encontrava com a Carteira Nacional de Habilitação suspensa e não apresentou condutor habilitado.

Diante dos fatos os policiais deram voz de prisão para o acusado que foi conduzido para exames de praxe e posteriormente apresentado na D.P. juntamente com a arma e demais objetos apreendidos para o devido registro. As mulheres foram qualificadas como testemunhas.

Fonte: Brigada Militar de Ijuí
voltar
© Copyright 2019