Ijuí/RS - Quarta-feira, 04 de Agosto de 2021
Manchetes
Lasier Martins disse na Repórter que voto auditável impresso não é retrocesso e sim uma forma do eleitor saber em quem realmente votou
Começam os preparativos da Semana da Pátria em Ijuí
Ijuí segue vacinação para pessoas de 27 e 26 anos
Ceriluz é campeão no prêmio Aneel, categoria acima de 10 mil unidades consumidoras
Estado lança programa para distribuir incentivos hospitalares de forma mais justa e transparente
Pouca umidade do solo evitou maiores danos na cultura em função das fortes geadas
Lideranças projetam ações para o desenvolvimento de Ijuí
Com alteração no recolhimento de lixo, prefeitura de Ijuí pretende adquirir contêineres para resíduos volumosos
Manifestantes pelo voto auditável impresso se reuniram neste domingo, 01, na Praça da República em Ijuí
Bozano dá inicio a programação alusiva ao Agosto Lilás, mês de prevenção a violência contra a Mulher
Ijuí-RS
O tempo agora
17 de dezembro de 2020

PIB cresce e Ijuí ganha posição no ranking estadual

Foi divulgado hoje, 16, o Produto Interno Bruto (PIB) do ano 2018 de todos os municípios brasileiros. Ijuí ficou na 21ª posição no ranking estadual, com crescimento de 12%, portanto 4% acima da média registrada pelo Estado do Rio Grande do Sul que ficou em 8%.

 

Os dados foram analisados pelo pesquisador do Departamento de Pesquisa, Economia e Estatística do Rio Grande do Sul, Martinho de Lazari. “Dois mil e dezoito foi o segundo ano de recuperação depois da crise de 2014, 2016 e as atividades tiveram um comportamento heterogêneo, algumas com crescimento expressivo outras com, ainda quedas. Mas o que a gente viu de modo em geral é que em municípios onde a soja é um produto importante, a indústria de alimentos, a indústria do fumo, é importante, tiveram desempenho superior a média do Estado”, ponderou.

 

Ao comentar, especificamente sobre o comportamento do PIB de Ijuí, ele apontou o crescimento do município que ganhou uma posição no ranking, passando sua participação de 0,75% para 0,77%. “Esse crescimento, esse ganho de participação se deve, portanto, a produção de soja”, disse. Na avaliação dele, mesmo com a queda na produção, os preços compensaram, beneficiando bastante os sogicultores não só de Ijuí, como de resto da região como um todo. A indústria de alimentos, outra atividade importante, para economia do município também contribuiu para esse ganho no PIB.

 

Em valores o PIB de Ijuí em 2018, foi de R$ 3.530.435.667,00, o que representou um acréscimo de mais de R$ 360 milhões em relação ao ano de 2017, ou seja, 4% superior a média do Estado. Já falando em termos per capta naquele ano ficou em R$ 42.447,00 representa 5,1% acima da média do Rio Grande do Sul. “Ijuí está numa posição privilegiada dentro do Estado e do Brasil também”, avaliou Martinho, dado que o Rio Grande do Sul tem um crescimento superior a média nacional.

Fonte: Redação Rádio Repórter/Prefeitura de Ijuí
voltar
© Copyright 2019