Ijuí/RS - Domingo, 20 de Junho de 2021
Manchetes
Estado recebe e distribui vacinas Coronavac nesta sexta-feira
SMED de Ijuí fez entrega de agasalhos a Secretaria de Desenvolvimento Social
Cerca de 30% da área da cultura de trigo na região de Ijuí já está implantada
Secretaria de Desenvolvimento Social de Ijuí e Gabinete da primeira dama realizam várias ações no município
Vereador Pompeo de Mattos avalia trabalhos no legislativo municipal e não descarta possibilidade de concorrer a deputado estadual
Presidente da AMUPLAM questiona modelo do sistema de ocupação hospitalar utilizado pelo estado durante a pandemia
Comitiva de Ijuí busca apoio da superintendência do DAER em Cruz Alta para revitalização da ERS 218
Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Idosa está presente em 29 municípios da região de Ijuí
Ijuí registrou ontem 36 novos casos de covid-19
Casa familiar rural de Catuípe conclui semestre com aulas remotas
Ijuí-RS
O tempo agora
7 de abril de 2020

Pela 1ª vez desde janeiro, China não registra mortes por covid-19

Nas últimas 24 horas não foi registrada nenhuma morte por covid-19 na China, o que ocorre pela primeira vez desde janeiro, o início da pandemia. Nesta terça-feira (7), a Comissão Nacional de Saúde da China informou que foram registrados 32 novos casos positivos, todos importados.

 

Há ainda o registro de 30 novos casos assintomáticos. Os assintomáticos começaram a ser incluídos nas contagens de infecções confirmadas a partir de 4 de abril.

 

O médico de doenças infeciosas Xangai Zhang Wenhong afirmou ao diário britânico The Guardian que os casos assintomáticos são estimados em 18% a 31% dos casos confirmados.Desde o início da pandemia, a China registrou 81.740 casos diagnosticados. Morreram 3,331 pessoas e 77.167 receberam alta.

 

O número total de infectados baixou para 1.242, ontem eram 1.299.

 

Os casos na China continental, que exclui Macau e Hong Kong, estão em queda desde março.

 

O país reforçou as restrições à chegada de estrangeiros por via aérea. Na última semana, o governo anunciou o aumento do controle nas fronteiras terrestes, onde o número de casos detectados ultrapassa os registrados nos aeroportos. Estão também proibidas a entrada e a saída de cidadãos estrangeiros.

 

Em Wuhan, a cidade onde começou a pandemia, as autoridades começaram, no mês passado, a diminuir as restrições aos habitantes, depois de meses de bloqueio para tentar conter a propagação do vírus.

 

À medida que as taxas de infecção caiam, mais de 7 mil habitações de Wuhan foram consideradas “livres da pandemia”, o que permitiu aos moradores que deixassem suas casas durante duas horas.

 

*Emissora pública de notícias de Portugal

Fonte: Rádio Repórter - Agência Brasil
voltar
© Copyright 2019