Ijuí/RS - Quarta-feira, 04 de Agosto de 2021
Manchetes
Lasier Martins disse na Repórter que voto auditável impresso não é retrocesso e sim uma forma do eleitor saber em quem realmente votou
Começam os preparativos da Semana da Pátria em Ijuí
Ijuí segue vacinação para pessoas de 27 e 26 anos
Ceriluz é campeão no prêmio Aneel, categoria acima de 10 mil unidades consumidoras
Estado lança programa para distribuir incentivos hospitalares de forma mais justa e transparente
Pouca umidade do solo evitou maiores danos na cultura em função das fortes geadas
Lideranças projetam ações para o desenvolvimento de Ijuí
Com alteração no recolhimento de lixo, prefeitura de Ijuí pretende adquirir contêineres para resíduos volumosos
Manifestantes pelo voto auditável impresso se reuniram neste domingo, 01, na Praça da República em Ijuí
Bozano dá inicio a programação alusiva ao Agosto Lilás, mês de prevenção a violência contra a Mulher
Ijuí-RS
O tempo agora
5 de novembro de 2020

O contingenciamento tem garantido o equilíbrio das finanças do município de Ijuí, revela Secretário da Fazenda

Fechando 20 anos na função de secretário municipal da Fazenda em Ijuí, o professor Irani Paulo Basso, tem sido zeloso no cuidado com as finanças da prefeitura, preocupando-se em manter a máquina funcionando plenamente, sem solavancos.

 

Falando ao programa Fatorama daRepórter, explicou que a estratégia é fazer um contingenciamento de despesas no início de cada ano, através de um trabalho mais técnico e sustentável, segurando gastos e investimentos quando o momento não permite. O pagamento de IPTU em cota única no mês de março permitiu a entrada de bons recursos nos cofres municipais, o que serviu para garantir uma caminhada firme ao longo dos meses subsequentes.

 

O repasse de recursos federais aos municípios durante a pandemia como forma de compensação por perdas advindas da pandemia, foi fundamental para manter as contas equilibradas, reconheceu Irani Basso. Citou o recebimento de repasses de ICMS de setembro e outubro, proporcionando cerca de R$ 2 milhões, projetando fechar as contas de final de ano com tranquilidade, considerando os recursos que entrarão em novembro e dezembro.

 

Esse dinheiro será suficiente para despesas de manutenção e investimentos, inclusive os pagamentos de salários, décimo terceiro e férias, assegurando ao sucessor do atual prefeito, assumir o mandato com tranquilidade e contas em dia.

Fonte: Redação Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019