Ijuí/RS - Terça-feira, 05 de Julho de 2022
Manchetes
Prefeitos da região vão a Brasília pela compensação de valores devido a redução de impostos promovida pelo governo Federal
CNM aponta impacto imediato nas receitas municipais de R$ 73 milhões devido a redução do ICMS
Programa em parceria com a prefeitura busca selecionar famílias para receber crianças em suas casas
Óbito de número 300 por Covid-19 foi registrado em Ijuí
Daniel Franco deixa o comando técnico do São Luiz
8° Edição da Expocelb é lançada em Coronel Barros
Novos ritos na Seplan aceleram processos em prol do desenvolvimento
PC apreende 4kg de Cocaína e 1kg de Crack durante abordagem a veículo
Inadimplência de consumidores do Demei ultrapassa R$ 12 milhões
Municipal de Futsal conhece seus campeões
Ijuí-RS
O tempo agora
10 de junho de 2022

Na inauguração do restaurante Rubro Sports Bar, Lauro Hass diz, “Tomamos a decisão de continuar por mais dois anos”

A noite da sexta-feira(10) foi marcada pela inauguração de um novo espaço no Estádio 19 de Outubro. O Restaurante Rubro Sports Bar já vinha sendo utilizado pelos jogadores e comissão técnica do São Luiz, que ali, faziam suas refeições.

O espaço foi revitalizado, a partir do planejamento de integrantes da diretoria, dentre os quais um dos vice-presidentes do Rubro. Antonio Tambara foi insistente, teimoso, conforme palavras do presidente Lauro Hass, em fazer do local, um ambiente aprazível e que agora poderá ser utilizado também por torcedores quando o São Luiz mandar seus jogos no 19 de outubro.

Tambara coordenou o processo de construção do espaço, mas a discussão teve muitos envolvidos, dentro estes, André Sartóri, sócio proprietário do Restaurante Gasteiz Vitória, responsável pelo Restaurante Rubro Sports Bar. “É um espaço que futuramente poderá ser utilizado por pessoas interessadas em encontros reservados, mas por enquanto, estamos planejando como fazer isso e separar estas atividades do dia a dia do Estádio e dos jogadores”, disse.

Antonio Tâmbara que coordenou todo o processo de reforma fez questão de enfatizar que não foram utilizados recursos do orçamentos do clube para realização da obra. Lembrou das vendas de cachorro quente e do trabalho voluntário que resultou na construção que está entregue ao torcedor do Rubro. Indagado, disse que por questões pessoais, não estará na diretoria a ser eleita no dia 20, mas reforçou em seu discurso que estará junto com a diretoria a ser eleita para continuar ajudando.

O presidente reeleito do Conselho Deliberativo do clube, Vilson Hepp saudou o momento como histórico para o São Luiz afirmando que “é um grande sonho que está sendo concretizado”, e deixou uma pergunta no ar: fazer o quê mais para atrair o torcedor para o Estádio”?

O presidente Lauro Hass, por sua vez lembrou que nos últimos dois anos as coisas tem sido difíceis para o São Luiz. “Este espaço aqui foi construído graças a teimosia de alguns”, disse, agradecendo a Antonio Tambara que, segundo Hass, nunca desistiu do projeto. Para o presidente, o momento é de mais apoio de todos e neste contexto disse que o clube está aberto para quem quiser contribuir com trabalho e ideias que possam resultar no crescimento da agremiação.

Lembrou da importância da parceria com as empresas que trabalharam para que o projeto fosse concretizado com a construção do espaço e fez votos que a parceria com o Gasteiz Vitória de André Sartóri, perdure por muitos anos, reiterando a importância da participação do empresário do ramo gastronômico nas ideias, sugestões para a formatação do projeto. “Estou muito feliz porque está sendo um espaço bem aproveitado, mas as obras não vão parar, temos outros projetos para realizar”, disse numa fala aplaudida, por que ali ficava clara sua disposição de continuar capitaneando os rumos do Rubro.

Já falando como presidente reeleito, Lauro Hass disse que “estou me adiantando ao dia 20”, porém chamou a atenção de que está a disposição para receber novos nomes que queiram se agregar ao grupo para trabalhar e manter o São Luiz em pé. Num momento de emoção e com os olhos marejados e sendo aplaudido, o presidente disse que “tomamos a decisão de continuar por mais dois anos, mas sozinhos não vamos fazer nada, então, quando me pediram para ficar, eu disse sim, mas também disse que precisava de ajuda”, afirmou.

O presidente foi além e lembrou que nos últimos dias tem trabalhado muito na formatação da chapa que será apresentada na segunda-feira(13) e reiterou: “é difícil encontrar alguém para fazer trabalho voluntário. A nossa cidade está muito carente de mais pessoas que se disponibilizem e a gente está se disponibilizando para colocar este clube em pé e fazer com que cresça cada vez mais. Recebemos mais críticas do que elogios, mas juntos vamos fazer dar certo, trabalhando pelo bem do São Luiz, por que Ijuí merece ter um time na série A do campeonato gaúcho e disputando competições importantes como é o Brasileiro da série D”, finalizou.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019