Ijuí/RS - Domingo, 20 de Junho de 2021
Manchetes
Estado recebe e distribui vacinas Coronavac nesta sexta-feira
SMED de Ijuí fez entrega de agasalhos a Secretaria de Desenvolvimento Social
Cerca de 30% da área da cultura de trigo na região de Ijuí já está implantada
Secretaria de Desenvolvimento Social de Ijuí e Gabinete da primeira dama realizam várias ações no município
Vereador Pompeo de Mattos avalia trabalhos no legislativo municipal e não descarta possibilidade de concorrer a deputado estadual
Presidente da AMUPLAM questiona modelo do sistema de ocupação hospitalar utilizado pelo estado durante a pandemia
Comitiva de Ijuí busca apoio da superintendência do DAER em Cruz Alta para revitalização da ERS 218
Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Idosa está presente em 29 municípios da região de Ijuí
Ijuí registrou ontem 36 novos casos de covid-19
Casa familiar rural de Catuípe conclui semestre com aulas remotas
Ijuí-RS
O tempo agora
13 de maio de 2021

Mulher e filho ficam trancados no interior do cemitério em Ijuí

Relato surpreendente foi feito por ouvinte para a redação da Rádio Repórter. Uma mulher e o filho ficaram trancados no interior do Cemitério Municipal. O fato narrado ocorreu na segunda-feira,10.

Dolair Goi contou que foi ao local na segunda à tarde, para uma limpeza no túmulo da mãe. Envolvida com o serviço e as recordações que sempre vêm à mente quando de uma visita ao cemitério, não viu o tempo passar. Deu-se conta de que tinha de sair quando faltavam dez minutos para as 6 da tarde.

Ao se dirigir para a saída pela Rua Pernambuco, encontrou o portão trancado. O filho ainda procurou as outras saídas, pela Jorge Leopoldo Webber e Getúlio Vargas, mas encontrou também os portões cerrados.

A saída foi gritar e pedir ajuda, contou Dolair, agradecida a um senhor que tem um empreendimento em frente ao cemitério que apresentou-se com uma escada.

“Não fosse pela escada, não conseguiria sair”, disse a senhora que contou o fato na Repórter, chamando a atenção para o fato de que alguém idoso teria ainda mais dificuldades.

Como sugestão, deixou a ideia de que o funcionário do Cemitério, antes de trancar os portões no final do dia, utilize uma sirene ou um apito que alerte para o encerramento do expediente. Uma placa com um número de telefone para casos de emergência também foi sugerido.

O responsável pelo setor de cemitérios concordou com a sugestão de instalação de uma sirene. Geder Valandro vê como importante um alerta antes do fechamento dos portões, lembrando que as pessoas podem não se dar conta do tempo, dedicando momentos para oração e recordações dos entes queridos.

Comentou não ter chegado ao conhecimento dele nenhuma situação semelhante à relatada pela ouvinte. São muitas demandas no setor, disse Valandro, que assumiu recentemente a coordenação dos  dois cemitérios da cidade.

Para além de um sinal sonoro, a ideia dele é colocar placas internas alertando para o horário de funcionamento, que é: 8h30 às 11h45, e entre 13h30 e 17h50.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019