Ijuí/RS - Terça-feira, 05 de Julho de 2022
Manchetes
Prefeitos da região vão a Brasília pela compensação de valores devido a redução de impostos promovida pelo governo Federal
CNM aponta impacto imediato nas receitas municipais de R$ 73 milhões devido a redução do ICMS
Programa em parceria com a prefeitura busca selecionar famílias para receber crianças em suas casas
Óbito de número 300 por Covid-19 foi registrado em Ijuí
Daniel Franco deixa o comando técnico do São Luiz
8° Edição da Expocelb é lançada em Coronel Barros
Novos ritos na Seplan aceleram processos em prol do desenvolvimento
PC apreende 4kg de Cocaína e 1kg de Crack durante abordagem a veículo
Inadimplência de consumidores do Demei ultrapassa R$ 12 milhões
Municipal de Futsal conhece seus campeões
Ijuí-RS
O tempo agora
25 de maio de 2022

MP aprovada na Câmara define Salário Mínimo em R$ 1.212

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira(24) a medida provisória que definiu o valor de R$ 1.212 para salário mínimo em 2022. O texto segue para a análise do Senado. A redação da MP não sofreu alteração na Câmara.

Pelo menos oito deputados sugeriram ampliar o valor do salário mínimo, mas a relatora da proposta, Greyce Elias (Avante-MG), vice-líder do governo na Câmara, não acatou os pedidos.

Uma sugestão buscava manter o valor de R$ 1.212 só até 31 de maio e, a partir de junho, aumentar o salário mínimo para R$ 1.279. No seu parecer sobre a medida provisória, Greyve disse concordar com a “nobre motivação” dos deputados que queriam ampliar o salário mínimo, mas explicou que o aumento implicaria diferentes impactos para os cofres públicos.

De acordo com a deputada, aceitar as sugestões apresentadas pelos demais parlamentares poderia impactar os Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social em até R$ 44,6 bilhões. Além disso, ela ponderou que cada R$ 1 de aumento no salário-mínimo geraria um incremento direto de R$ 15,5 milhões na arrecadação previdenciária neste ano.

“Adicionalmente, também há impactos no Abono Salarial e no Seguro-Desemprego. Cerca de 25,3 milhões de trabalhadores já receberam o benefício do Abono Salarial com base no valor fixado na Medida Provisória, significando um dispêndio efetuado de R$ 24,4 bilhões. No caso do Seguro Desemprego, estima-se um total de 7,4 milhões de requisições neste exercício, projetando um valor de R$ 40,7 bilhões em pagamentos”, acrescentou.

Fonte: CP/Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019