Ijuí/RS - Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021
Manchetes
Trabalho prisional na Modulada é case de sucesso a ser implantado em outras casas prisionais gaúchas
Assinado o contrato para obra de pavimentação asfáltica em Coronel Barros
Cronograma de imunização contra a Covid segue na Estação Cultura
“Não podemos encerrar essa linda história que a Expo Ijuí Fenadi tem”, diz presidente da UETI
Quase metade das escolas estaduais da região não tem candidatos a diretor. Eleição ocorre a partir de amanhã
Bazar Solidário do Bom Pastor arrecadou quase R$ 50 mil
Pelo menos 2 mil estudantes das redes Estadual e Municipal estão realizando a prova do Saeb
Defesa das universidades comunitárias será bandeira de Busnello a partir de hoje na Câmara
Ômicrom no Brasil? Brasileiro vindo da África, testa positivo para Coronavirus
Brigada prende 2 por furto de veículo em Catuípe
Ijuí-RS
O tempo agora
13 de novembro de 2021

Morre Chiquinho Wissmann

Faleceu na manhã de hoje em Ijuí o ex vereador, ex secretário de Obras do município e ex atleta do Esporte Clube São Luiz, Egídio Alfredo Wissmann. Chiquinho Wissmann tinha 83 anos e morreu vítima de um infarto às 10 horas da manhã, em casa.
Profissional na área de vendas, teve também atuação destacada na vida pública. Na gestão do então prefeito Emídio Perondi, Wissmann foi Secretário de Obras entre 1973 e 1976 e posteriormente, na administração Wilson Mânica e Olivar Scherer, em 76, foi eleito vereador pela Arena, obtendo a terceira maior votação. Em Coronel Barros, onde nasceu, fez praticamente todos os votos. O hoje município era na época Distrito de Ijuí, onde Wismmann fez 315 de um total de 320 votos.
No futebol, o zagueiro do São Luiz foi titular entre 1957 e 1959, e depois uma passagem pelo Rubro entre 1960 e 1961. E foi o futebol que abriu caminho para a política, pois Perondi e o também ex prefeito Wanderley Burmann foram os responsáveis em levá-lo para o São Luiz.
O velório ocorre na Capela da Funerária Ijuiense/Santa Rosa e o sepultamento será amanhã, às 11 horas, no Cemitério Ecumênico de Coronel Barros.

Foi casado com Marlene Vontobel com quem teve os filhos Vanderlei, Luis Fernando, Paulo Roberto, Martin Egídio, Maurício e Francisco. Deixa ainda noras e netos.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019