Ijuí/RS - Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021
Manchetes
Trabalho prisional na Modulada é case de sucesso a ser implantado em outras casas prisionais gaúchas
Assinado o contrato para obra de pavimentação asfáltica em Coronel Barros
Cronograma de imunização contra a Covid segue na Estação Cultura
“Não podemos encerrar essa linda história que a Expo Ijuí Fenadi tem”, diz presidente da UETI
Quase metade das escolas estaduais da região não tem candidatos a diretor. Eleição ocorre a partir de amanhã
Bazar Solidário do Bom Pastor arrecadou quase R$ 50 mil
Pelo menos 2 mil estudantes das redes Estadual e Municipal estão realizando a prova do Saeb
Defesa das universidades comunitárias será bandeira de Busnello a partir de hoje na Câmara
Ômicrom no Brasil? Brasileiro vindo da África, testa positivo para Coronavirus
Brigada prende 2 por furto de veículo em Catuípe
Ijuí-RS
O tempo agora
29 de setembro de 2021

Merenda Escolar municipal passará a ter carne de peixe e seus derivados no cardápio

O projeto de autoria do vereador Jorge Amaral(PP), presidente da Câmara de Vereadores de Ijuí que dispõe sobre a inclusão da carne de peixe e seus derivados nos cardápios do programa de alimentação escolar municipal, foi sancionado pelo Poder Executivo Municipal.

A matéria trata da “inclusão da carne de peixe e seus derivados nos cardápios do programa de alimentação escolar municipal”, e a compra destes produtos dos produtores familiares, beneficiando assim, alunos da rede e os piscicultores.

Conforme a assessoria do vereador progressista, a inclusão do peixe na merenda se encaixa perfeitamente nessa exigência, à medida que é um alimento de fonte de proteínas de alto valor nutritivo. Além de conter vitaminas e de gordura, o peixe é saudável e rico em nutrientes.

“A inclusão de produtos derivados do peixe na merenda escolar vai enriquecê-la e colaborar com o desenvolvimento físico e mental dos estudantes. Lembrando que muitas crianças não consomem o alimento devido à falta de hábito do grupo familiar ou condições financeiras. Mais um motivo para promover essa ação nas escolas municipais”, lembrou o legislador que recebeu a informação sobre a sanção do projeto do secretário municipal de educação Cláudio Souza.

Amaral pontua ainda outro benefício da inclusão da carne de peixe na merenda dos alunos. De acordo com ele, a medida vai trazer o progresso ao setor pesqueiro do município, fortalecendo a piscicultura e propiciando a geração de postos de trabalho e renda.

A carne de peixe contém em média 18% de proteínas, excelente fonte de minerais como cálcio, ferro, sódio e é rica em vitaminas A, D e do complexo B, além de Ômega 3.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019