Ijuí/RS - Domingo, 09 de Agosto de 2020
8 de julho de 2020

Médico de Ijuí favorável ao uso de determinados medicamentos no tratamento ao coronavírus

Médico da rede pública municipal de Ijuí é favorável ao uso de determinados medicamentos existentes no mercado no tratamento precoce ao coronavírus, como forma de diminuir a replicação viral, evitando a inflamação maior dos pulmões e a dificuldade de oxigenação do sangue, com risco de comprometimento de outros órgãos.

Segundo o doutor Remir Brackmann, medicamentos Ivermectina, Azitromicina e a própria cloroquina, são itens que fazem parte de uma relação essencial de remédios considerados seguros e eficazes por centenas de médicos de todo o país.

Contou que em São Paulo, um grupo de 500 médicos faz uso destes medicamentos e nenhum deles foi infectado pelo coronavírus. A utilização deles na fase inicial da contaminação é no sentido de frear a enorme capacidade de multiplicação do vírus, explica Brackmann.

Segundo o médico, não existe tratamento sem risco. Uma medicação nova, sem grandes avaliações é no mínimo uma temeridade, por isso, muitos médicos receitam Ivermectina que é antiparasitária e Azitromicina que tem efeitos antibacterianos, resultados satisfatórios, embora na bula não conste indicação para coronavírus.

O objetivo maior, segundo o doutor Remir é evitar uma sobrecarga hospitalar, com falta de leitos e respiradores. Qualquer paciente com risco maior poderia fazer uso profilático desses medicamentos, opinou o médico em entrevista ao Fatorama.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019