Ijuí/RS - Sexta-feira, 24 de Setembro de 2021
Manchetes
Secretários de educação da AMUPLAM se encontraram em Condor
Deputado Jerônimo Goergen deixará a Política
Homem com teste positivo para Coronavírus incorre em crime após descumprir isolamento
Panambi segue vacinação nesta sexta-feira contra covid-19
Prefeitura de Ijuí alerta a população sobre obras de esgotamento sanitário
Parecer do Cremers já embasou cerca de 384 decisões judiciais sobre pedidos de liberdade de presos por covid-19
Escola Miguel Burnier tem projeto em andamento para construção de mobiliário especial.
Serviço terceirizado: Corsan fará atualização de cadastro de seus usuários em Ijuí
De Cruz Alta para o Paraná: Dom Adelar Baruffi é nomeado Arcebispo de Cascavel
PRF apreende veículo com mais de 15 mil maços de cigarros em Cruz Alta
Ijuí-RS
O tempo agora
31 de agosto de 2021

Medianeira Transportes inicia fase de teste de linha distrital do centro da cidade até Chorão

Inicia amanhã a fase de testes da linha distrital ligando o centro de Ijuí as localidades de Santana e Chorão. Segundo o chefe de fiscalização da Medianeira, Cristiano Quadros de Jesus, a medida atende pedido de trabalhadores com necessidade de deslocamento nos dois sentidos.

O ônibus sai da parada do Nacional às 7h e volta do interior às 7h30, repetindo o itinerário às 17h30 com retorno às 18h. Como a linha não existe oficialmente, a passagem será de R$ 3,50, explicou o entrevistado.

A pandemia refletiu fortemente no transporte público, provocando redução de 45% no número de passageiros. A média de pessoas transportadas diariamente chega a 3.950, índice que era de 6.860 em 2019, antes da chegada da Covid-19.

Com 18 carros sendo utilizados no momento, a Medianeira vem fechando no vermelho há meses, contou Cristiano de Jesus. Nas linhas com movimento fraco, apenas o motorista opera, enquanto outras foram desativadas, a fim de evitar maiores gastos. Como forma de auxiliar os usuários do transporte público, a empresa negocia com o Executivo um subsidio na passagem, medida já adotada em Santo Ângelo e Panambi entre outras cidades.

Referente aos custos, o óleo diesel é o item que mais impacta a atividade, salientou Cristiano, recordando que em outubro de 2018, o litro do combustível custava R$ 3,40 e hoje vale R$ 4,19, sem contar os demais gastos, que tornam a tarefa bem complicada, resumiu.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019