Ijuí/RS - Sexta-feira, 12 de Agosto de 2022
Manchetes
Preço do Diesel cai 4% nas distribuidoras a partir desta sexta-feira
Redução das alíquotas de ICMS vai gerar rombo de R$ 7,7 milhões no caixa municipal
Números mostram que mulheres tem denunciado mais crimes de violência na DEAM de Ijuí
Prefeito em exercício vistoria obras em Coronel Barros
Rádio Repórter é a emissora mais ouvida - aponta pesquisa da Pódium
PREVIJUI está realizando prova de vida para servidores aposentados
Baile da Prenda Jovem ocorre neste sábado no CTG Clube Farroupilha
Lançado o programa Protagonismo Juvenil em Ijuí
Lâmpadas de LED começam a ser instaladas em Ijuí
Preso homem suspeito de tentar matar a companheira a facadas em Ijuí
Ijuí-RS
O tempo agora
26 de maio de 2020

Mãe confessa ter matado filho de 11 anos no norte do Estado

A Polícia Civil confirmou no início da noite desta segunda-feira, que foi localizado o corpo do menino Rafael Mateus Winques, de 11 anos, que estava desaparecido desde o dia 15 deste mês. Segundo a Polícia, a mãe Alexandra Dougokenski, confirmou que matou o filho. O corpo estava enrolado em um lençol, dentro de uma caixa, em uma casa abandonada, nas proximidades de onde o menino residia.

Para a Polícia, a mãe disse que a morte teria sido ocasionada por medicação, mas a versão está sendo apurada pelos policiais. O clima é de revolta na cidade de Planalto, com 10,5 mil habitantes, no Norte do Estado. Dezenas de pessoas se deslocaram até a região onde o corpo foi localizado.

No primeiro depoimento colhido pela Polícia, a mãe disse que o menino era muito nervoso e que matou o filho de forma culposa, ou seja sem intensão de matar, ao referir-se à medicação dada a Rafael.

Os investigadores chegaram até o local onde estava o corpo, depois da mãe confessar o crime.  O pedido de prisão preventiva contra a mulher já foi encaminhado ao Poder Judiciário. Ela vai responder por homicídio. A Polícia vai ampliar as investigações e saber se ouve a participação de outras pessoas no crime.

Desde o desaparecimento, a mãe dizia que não sabia como o filho havia desaparecido e que a porta da frente estava aberta, com a chave pelo lado de dentro. Desde o dia 15 deste mês buscas foram realizadas no município, inclusive com auxílio de cães farejadores.

Fonte: Rádio Repórter/ Correio do Povo
voltar
© Copyright 2019