Ijuí/RS - Quinta-feira, 16 de Setembro de 2021
Manchetes
Digitalização de 2 milhões de processos será concluída até início de 2022, diz Presidente do Conselho de Comunicações do TJ-RS
Caminhão com placas de Ijuí tomba em Santiago
Aumentou movimento de microempreendedores junto a Sala do Emprendedor
Famurs faz encontro com prefeitos e diz que nenhum município será extinto
SMS espera intenso movimento de jovens para vacinar contra a Covid-19
Coronel Barros suspende temporariamente aplicação da vacina AstraZeneca
Câmara de Vereadores terá sessão ordinária na terça-feira
HCI implanta núcleo de ensino e pesquisa clínica
BM prende no centro homem foragido da justiça
Presidente do São Luiz avalia primeiro ano de mandato e diz que objetivo “é deixar o Clube nos trilhos”
Ijuí-RS
O tempo agora
8 de novembro de 2019

Grêmio vence o CSA por 2 a 1 e entra no G4 do Brasileirão

Diante de um CSA limitado tecnicamente, o Grêmio sofreu um grande susto. Sem acelerar e até com certo nível de displicência em alguns momentos, o Tricolor vencia por 1 a 0 até os 45 minutos do segundo tempo, na noite desta quinta-feira, na Arena.

 

Mas em final de jogo eletrizante, acabou sofrendo o empate nos acréscimos, e foi buscar a virada no último lance de ataque. No fim, vitória por 2 a 1 com atuação abaixo da média nas últimas partidas.

 

 

O primeiro gol foi marcado muito cedo, e deu a impressão de que o Grêmio atropelaria o CSA na Arena. Nos acréscimos, Rafinha empatou para o CSA. E com um gol contra no fim da partida, marcado por Ronaldo Alves, o Tricolor chegou a vitória.

 

 

A jornada fez o Grêmio ingressar no G4 do Brasileirão. Com a combinação de resultados e a derrota do São Paulo, subiu para a 4ª posição, com 53 pontos somados. No próximo jogo, o Tricolor enfrenta a Chapecoense, na Arena Condá, no domingo, às 19h.

Grêmio marca cedo, mas diminui ritmo

 

O técnico Renato Portaluppi manteve quase todo o o time que venceu o clássico Gre-Nal na Arena por 2 a 0 no último domingo. A única modificação se deu por conta do já conhecido rodízio na lateral direita. Rafael Galhardo, que esteve em campo no confronto contra o Inter, ficou de fora e deu lugar ao veterano Léo Moura.

 

 

Superior na técnica e muito adiante na tabela de um adversário que briga contra o rebaixamento para a Série B, não levou muito tempo para que o Grêmio conseguisse se impor e traduzir isso em vantagem no placar. Logo aos 7 minutos da etapa inicial, Everton recebeu passe de Cortez, foi ao fundo pelo lado esquerdo e cruzou para a área. De chapa com o pé direito, Tardelli empurrou para as redes com categoria para fazer 1 a 0 na Arena.

 

 

Com o placar favorável, o Grêmio nem precisou acelerar ou imprimir intensidade para ficar confortável. Superior tecnicamente, o Tricolor jogou ao natural. Em alguns momentos, pareceu até frear o ritmo de jogo. Ainda assim, dominou completamente as ações. Com 20 minutos do primeiro tempo, chegou a ter 70% da posse de bola, sem encontrar resistência do CSA.

 

 

A linha tênue entre comodismo e desatenção apareceu para o Grêmio por estar muito tranquilo no jogo. Acomodado e diminuindo demais o ritmo, o Tricolor viu o CSA ameaçar. Aos 31 minutos, a equipe do técnico Argel criou boa chance. Em tabela que envolveu Geromel e Matheus Henrique, Euller recebeu na frente, sem marcação, e bateu cruzado. A bola passou a frente do goleiro Paulo Victor, com perigo.

 

 

Após dominar a posse da bola, o Grêmio passou a errar alguns passes, evidenciando até certa displicência. Mais do que isso, passou a insistir e forçar o jogo pelo meio, sem abrir a bola pelas pontas, único caminho possível diante de um CSA fechado. Antes do intervalo, a desconcentração ficou evidente quando os pontas passaram a errar cruzamentos. Nesse ritmo, o Tricolor levou apenas 1 a 0 para o intervalo.

 

 

Fim de jogo eletrizante

 

 

Para tentar corrigir a equipe e dar mais volume ofensivo ao CSA, Argel Fucks colocou em campo um atacante no intervalo. Sacou Didira para a entrada de Bruno Alves. Mas o panorama do confronto pouco mudou nos minutos iniciais. Sem forçar, Grêmio seguiu trabalhando bola na entrada da área do adversário. O time de Argel Fucks seguiu inofensivo, sem conseguir reter a bola.

 

Fonte: Correio Do Povo
voltar
© Copyright 2019