Ijuí/RS - Sexta-feira, 01 de Julho de 2022
Manchetes
Estado atinge número de 60 mortes por dengue
Busnello apresenta ante projeto que prevê parcelamento de dívidas dos usuários do Demei
Leoveral de Oliveira é reconduzido à presidência da Associação dos Aposentados de Ijuí
Finais do Futsal Municipal terão transmissão da Rádio Repórter
Conclusão de obras da Corsan possibilita asfaltamento de trecho da rua Jorge Leopoldo Weber
Mais de duas toneladas de alimentos impróprios para consumo são apreendidas em operação em Ijuí
Associação Cultural Canto de Luz define nova diretoria
Sindilojas realiza workshop sobre a Lei de Proteção de Dados
Educação, prevenção e Inclusão. Proerd encerra ciclo de palestras na Apae de Ijuí
Homem acusado de furto mão grande e que estava foragido é preso pela BM
Ijuí-RS
O tempo agora
22 de setembro de 2019

Grêmio goleia o Santos na Vila e chega à sétima colocação

O Grêmio quebrou a invencibilidade caseira do Santos e goleou por 3 a 0 na noite deste sábado, na Vila Belmiro. Contra os “Meninos da Vila”, a base gremista é que brilhou, com gols de Luan, Pepê e Everton. Depois de um primeiro tempo ruim, onde só foi finalizar depois dos 40 minutos, o Tricolor voltou do vestiário melhor distribuído em campo e passou a dominar as ações ofensivas, aproveitando ainda as alterações do treinador rival, que escancararam espaços para contragolpes.

 

Os paulistas que chegaram a ter 10 conclusões no primeiro tempo, pouco atacaram na etapa final e não conseguiram igualar o placar. Aos 42, Pepê, que havia entrado dez minutos antes, ampliou em uma jogada em alta velocidade. Cinco depois, Everton chutou no canto inferior da meta paulista e fechou a goleada.

 

Com o resultado fora de casa, o Tricolor gaúcho não perde há seis jogos, com quatro vitórias e dois empates. Com o rendimento, os comandados de Renato Portaluppi passaram da 14ª colocação para a sétima. Já o Santos é o terceiro com 37 pontos.

 

O Grêmio volta aos gramados na quinta-feira, às 20h, para enfrentar o Avaí, na Arena, em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Santos, no mesmo dia e horário, vai ao Maracanã, enfrentar o Fluminense.

 

Grêmio finaliza pela primeira vez aos 42 minutos

 

O clube paulista começou a partida pressionando o Tricolor e, aos 17 segundos, Sasha chutou fraco e rasteiro para fácil defesa de Paulo Victor. O Santos continuou encurralando o Grêmio em seu campo defensivo, até que aos 16 minutos, o goleiro gremista salvou a equipe em duas oportunidades. Pituca arriscou de fora da área e Paulo Victor fez excelente defesa. Na sobra, Galhardo furou em bola dentro da área e Soteldo pegou o rebote. O atacante chutou forte e o goleiro fez mais uma importante defesa com a canela direita.

 

A supremacia santista aos 20 minutos apontava 61% de posse de bola e sete finalizações, a maioria para fora. Enquanto isso, o Grêmio não havia criado nenhuma oportunidade. Com os paulistas tentando furar o bloqueio defensivo montado por Renato Portaluppi, em especial pelas laterais, o Tricolor optava por tentar os contra-ataques. Em duas oportunidades, Alisson e Luan erraram os passes e deixaram de criar boas chances.

 

A primeira ocorreu aos 42 minutos. Luan fez excelente passe para Cortez, que foi à linha de fundo e cruzou. Everton saltou, sozinho dentro da pequena área, e cabeceou desviado à direita de Everson. Nos acréscimos, Galhardo cobrou falta pelo lado direito, Michel recuou para Everton, que finalizou. Após bate e rebate, a bola foi na direção da marca do pênalti e Michel chutou, mas o goleiro santista fez a defesa.

 

Grêmio volta diferente e goleia o Santos

 

O Santos voltou levando perigo a meta de Paulo Victor, mas foi o Grêmio que mudou de desempenho e construiu uma goleada dentro da Vila Belmiro. Logo a dois minutos, Jorge passou “de viagem” por Galhardo e cruzou, mas David Braz afastou de cabeça pela linha de fundo próximo ao poste direito do Grêmio. Três depois, Luan passou para Tardelli, que girou e bateu de dentro da área. Everson saltou e fez a defesa. Aos nove, o Tricolor abriu o placar. Galhardo bateu falta na barreira, mas a bola sobrou e caiu no pé de Luan, que chutou para o fundo das redes. Grêmio 1 a 0 Santos.

 

Ao contrário do primeiro tempo, a equipe de Renato Portaluppi conseguiu enfrentar os donos da casa e dividir as ações ofensivas. Além disso, conseguiu evitar chances claras de ataque do Santos.

 

Matheus Henrique, aos 18, e Everton, aos 25, fizeram jogadas individuais pela direita de ataque, invadiram a área, mas não conseguiram boas conclusões e o time de casa evitou o segundo gol. Aos 34, Everton driblou o goleiro, mas não conseguiu concluir. O atacante acabou cruzando e a defesa afastou.

 

O Grêmio ampliou o placar aos 42 minutos em uma jogada de alta velocidade. Pepê entrou na área em alta velocidade, na frente de Everson, passou para Everton, recebeu de volta e chutou para marcar o segundo. Cinco depois, Everton arriscou de fora da área e acertou o canto inferior da esquerda da meta paulista e aplicou o resultado para 3 a 0.

 

Brasileirão – 20ª rodada

 

Santos (0)
Everson; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Luiz Fernando (Felipe Jonatan) e Jorge; Diego Pituca, Alison, Carlos Sánchez (Lucas Venuto), Soteldo; Marinho (Uribe) e Eduardo Sasha.
Técnico: Jorge Sampaoli

 

Grêmio (3)
Paulo Victor; Galhardo, David Braz, Kannemann e Cortez (Capixaba); Maicon, Matheus Henrique, Luan (Pepê), Alisson e Everton; Diego Tardelli (Thaciano). Técnico: Renato Portaluppi

 

Gols: Luan (9min/2ºT), Pepê (42min/2ºT) e Everton (47min/2ºT)
Cartões amarelos: Everton, Paulo Victor, Tardelli e Michel (G) e Soteldo e Sampaoli (S)
Cartões vermelhos: –

 

Arbitragem: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Árbitro do VAR: Adriano Milczvski (PR)
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).

 

Fonte: Correio do Povo

voltar
© Copyright 2019