Ijuí/RS - Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2022
Manchetes
Incêndio é registrado no aterro sanitário
Congresso Nacional retoma atividades dia 1º e Pompeo diz que foco será aprovação do 14º dos aposentados e pensionistas
Ijuí já passa de 1,5 mil casos de Covid-19. Jovens entre 20 e 39 anos são os mais infectados
Multa de R$ 5 mil: SMMA já sabe quem descartou clandestinamente lixo em via que recém havia sido limpa por servidores da prefeitura
São Luiz anuncia contratação de mais um lateral esquerdo
Mesmo com atendimentos em queda no final de semana, número de infectados com Covid só aumenta em Ijuí
CNH do RS é a mais cara da região Sul do País
Prefeito de Nova Ramada está em Porto Alegre para assinar convênio de acesso asfáltico
Prefeito Andrei Cossetin está de férias
Bozano é contemplado com recursos do Programa Ilumina RS
Ijuí-RS
O tempo agora
6 de setembro de 2013

Governo Tarso promove menos investimentos e eleva a dívida do Estado

O governador Tarso Genro afirma que está fazendo e concluindo diversas obras, entretanto, as poucas que ele inaugurou até o momento foram iniciadas no governo de Yeda Crusius. Essa afirmação é da líder da Bancada do PSDB na Assembleia Legislativa, deputada Zilá Breitenbach. A parlamentar reuniu dados referentes aos investimentos em infraestrutura feitos nos dois anos e meio de administração petista.Segundo Zilá, o investimento no DAER, até o dia 31 de julho, ficou em R$ 881 milhões. No mesmo período foram autorizados empréstimos de quase R$ 5 bilhões. Também foram transferidos R$ 4,5 bilhões dos depósitos judiciais e sacados R$ 2 bilhões do Caixa Único do Estado. "O governo Tarso aumentou a dívida do RS e está gerando um déficit que ultrapassa R$ 2 bilhões", disse a deputada. Zilá lembrou que no governo Yeda o déficit do Estado foi zerado. Nos últimos três anos da gestão do PSDB, não foram sacados depósitos judiciais e houve devolução de recursos para o Caixa Único. Uma operação de crédito com o Banco Mundial fez a dívida ser substituída por juros mais baixos. A medida rendeu, até 2011, mais de R$ 400 milhões em economia para o Estado. Mesmo diante de todas essas medidas, o governo Yeda conseguiu promover investimentos no total de R$ 1,9 bilhões.
voltar
© Copyright 2019