Ijuí/RS - Domingo, 20 de Junho de 2021
Manchetes
Estado recebe e distribui vacinas Coronavac nesta sexta-feira
SMED de Ijuí fez entrega de agasalhos a Secretaria de Desenvolvimento Social
Cerca de 30% da área da cultura de trigo na região de Ijuí já está implantada
Secretaria de Desenvolvimento Social de Ijuí e Gabinete da primeira dama realizam várias ações no município
Vereador Pompeo de Mattos avalia trabalhos no legislativo municipal e não descarta possibilidade de concorrer a deputado estadual
Presidente da AMUPLAM questiona modelo do sistema de ocupação hospitalar utilizado pelo estado durante a pandemia
Comitiva de Ijuí busca apoio da superintendência do DAER em Cruz Alta para revitalização da ERS 218
Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Idosa está presente em 29 municípios da região de Ijuí
Ijuí registrou ontem 36 novos casos de covid-19
Casa familiar rural de Catuípe conclui semestre com aulas remotas
Ijuí-RS
O tempo agora
5 de junho de 2021

Governo do RS anuncia calendário com conclusão de vacinação contra covid até dezembro

Cálculos feitos pela Secretaria da Saúde a partir de projeções do envio de remessas de vacinas contra a Covid-19 anunciadas pelo Ministério da Saúde indicam que será possível, até setembro, imunizar todos os integrantes dos grupos de maior vulnerabilidade e dos trabalhadores da educação e ainda vacinar, com a primeira dose, até o público dos 18 anos. Até dezembro, a previsão é completar, com a segunda dose (D2), o esquema vacinal de todos os imunizados.

Em vídeo publicado nas redes sociais, o governador Eduardo Leite destacou a boa notícia. “Temos, sim, a perspectiva de poder vacinar toda a população adulta do RS até o final do mês de setembro com a primeira dose. O RS é o Estado que mais vacina sua população. Estamos sempre no topo do ranking e somos o Estado que tem maior percentual da população com as duas doses da vacina. Essa é uma corrida em que todos ganham, e no Rio Grande do Sul, vamos continuar trabalhando para proteger sempre a nossa população”, enfatiza Leite.

De acordo com a secretária da Saúde, Arita Bergmann, o governo tem expectativa de que o Ministério da Saúde seja regular no envio das remessas e cumpra o calendário anunciado. “Estamos mobilizados para continuar na distribuição ágil de todas as remessas, e os municípios seguem comprometidos de que não podemos deixar doses paradas nos postos, dinâmica que nos permite estar sempre no topo do ranking da vacinação no país. É fundamental que possamos cumprir esse cronograma para protegermos a população”, afirma Arita Bergmann.

Para o presidente do Conselho das Secretarias Municipais da Saúde (Cosems/RS), Maicon Lemos, o avanço da imunização no Estado será capaz de reduzir os casos graves da doença e impactar nas taxas de ocupação de leitos de UTI e enfermaria da rede de saúde, que atingem índices preocupantes. “Se garantidas as entregas de vacinas, os municípios gaúchos estão prontos para continuar imunizando em ritmo acelerado”, afirma Lemos.

 

Fonte: Governo do RS
voltar
© Copyright 2019