Ijuí/RS - Sexta-feira, 15 de Outubro de 2021
Manchetes
Muro construído ao lado do Ginásio Municipal será derrubado
Prefeito fala em investimentos para ações estruturais e diz que “parque de máquinas recebido por sua administração é uma vergonha”.
Lixão clandestino na região do Tomé de Souza indigna cidadão de Ijuí
Levantamento revela que mais de 500 crianças com até 6 anos ficaram órfãs no Estado devido a Covid-19
Guias do Trem das Missões passam por treinamento
Pró Audi realiza a Expo Audi oferecendo promoções para seus clientes
SMS dá sequência a aplicação da segunda dose da Astrazeneca e da Pfizer
Comissão de triagem divulga músicas selecionadas para o 10° Canto de Luz e 6° Lamparina
Mesa de Bar da Iguatemi FM volta ainda mais Espetacular
Educação Municipal: “Saímos de uma rede analógica para uma rede tecnológica”, diz secretário Cláudio Souza
Ijuí-RS
O tempo agora
5 de setembro de 2019

Governo do Estado repassa R$500 mil para a saúde em São Borja

O Governo do Estado do Rio Grande do Sul realizou na semana passada dia (30), o repasse de R$110 milhões aos municípios e hospitais. Para as prefeituras, a Secretaria da Saúde (SES) destinou o montante de R$42 milhões às unidades Santa Casa e para hospitais filantrópicos o repasse foi de R$68 milhões. Com a medida, hospitais de um modo geral passam a receber a regularidade nos repasses do exercício de 2019, de acordo com o anúncio do Governo do Estado. Além deste repasse, no último dia 20 de agosto, o Estado pagou a terceira das 16 parcelas da dívida empenhada com municípios, relativo ao exercício 2014 a 2018.

Foi destinado o aporte de R$13,5 milhões para a Política Estadual de Incentivo para Qualificação da Atenção Básica (PIES) para os municípios do Rio Grande do Sul e também para 74 hospitais públicos municipais. Aos municípios, os valores se referem ao repasse para execução de programas como Equipes de Saúde da Família (ESF), além da Política de Incentivo da Assistência Básica e Primeira Infância Melhor (PIM). A gestão atual assumiu o Estado com um passivo em dívidas de R$1,1 bilhão na área da Saúde, indo desde prefeituras, hospitais e fornecedores de medicamentos referente ao período de 2014-2018. Do total, R$488 milhões estão empenhados e estão sendo quitados em 16 parcelas.

A atual situação das Santas Casas e hospitais filantrópicos é que elas recebem do Estado incentivos para a execução e oferta de serviços como serem porta de entrada para urgência e emergência, plantões presenciais em diversas especialidades, atendimento a gestantes de alto risco e rede de atenção ao parto, complementação de diárias de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), entre outros. Em São Borja, o Estado depositou cerca de R$500 mil para a prefeitura, que repassou para o hospital Ivan Goulart, o valor de R$350 mil.

Fonte: Rádio Cultura

voltar
© Copyright 2019