Ijuí/RS - Sexta-feira, 03 de Dezembro de 2021
Manchetes
Aumenta número de pedidos de Proagro junto a Emater municipal
Gerente regional anuncia liberação de espaços externos do Sesc à comunidade
Veículo furtado em Santa Rosa é recuperado pela PRE
Secretário de Governança do Estado conclama eleitores da região a participar da Consulta Popular
"Aqui me sinto bem", diz Márcio Goiano sobre retorno ao São Luiz
Natal na Unijuí acontece neste domingo
14º Salário para segurados do INSS vai para a CCJ da Câmara dos Deputados
Executivo buscará junto a ACI, doação da marca Expo Ijuí Fenadi
Projeto de padronização da Avenida 21 de Abril prevê retirada dos canteiros centrais
Com ou sem recursos da LIC, cidade estará iluminada dia 12, diz prefeito
Ijuí-RS
O tempo agora
1 de novembro de 2019

Feliz pela convocação, Kannemann projeta confronto direto no Gre-Nal: “Briga difícil

O zagueiro Kannemann concedeu entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, dias antes do clássico Gre-Nal 422, que acontece no domingo, às 18h, na Arena. E o jogador não escondeu a felicidade: mais uma vez, o argentino integra a lista de convocados do técnico Lionel Scaloni, para dois amistosos com a seleção.

 

 

De poucas palavras, o defensor agradeceu por ser lembrado mais uma vez pelo comandante da Seleção. Disse estar muito feliz pela convocação para as duas partidas, contra Brasil e Uruguai, nos dias 15 e 18 de novembro. “Vou dar o melhor de mim, e espero que dê tudo certo”, resumiu.

 

Kannemann também projetou o clássico Gre-Nal. Citou que, mais uma vez, será um jogo “pegado”, pelas características das duas equipes, e pela dimensão que a partida tem para o futebol gaúcho. Destacou, ainda, o confronto direto na briga pela classificação à Libertadores do ano que vem. “São três pontos muito importantes para nós, e vamos fazer de tudo para que eles fiquem na Arena. Todo mundo está junto na tabela, então vai ser uma briga muito difícil”, ponderou.

 

O defensor não poupou elogios ao compatriota Victor Cuesta. O zagueiro do Inter é um dos destaques do Colorado na temporada. Kannemann definiu o adversário como “um grande jogador”, e disse ficar feliz pela Argentina estar bem representada no Brasil. “É uma disputa boa, nós dois jogamos bem. Eu trato de fazer o meu trabalho e desejo o melhor para os meus conterrâneos. Dentro de campo, ele vai defender o time dele, e eu o meu. Depois do apito final, tudo fica ali”.

 

Após a eliminação contra o Flamengo, na semifinal da Libertadores, o Grêmio venceu duas partidas seguidas, contra Botafogo e Vasco. Kannemann destacou o aspecto mental de uma equipe experiente para superar o momento adverso. “Podemos errar, mas é preciso esquecer. São jogos a cada três dias, e você precisa estar focado e preparado para dar o melhor dentro de campo, deixando o Grêmio o mais perto do topo possível”, frisou.

 

Fonte: Correio Do Povo
voltar
© Copyright 2019