Ijuí/RS - Quinta-feira, 16 de Setembro de 2021
Manchetes
Digitalização de 2 milhões de processos será concluída até início de 2022, diz Presidente do Conselho de Comunicações do TJ-RS
Caminhão com placas de Ijuí tomba em Santiago
Aumentou movimento de microempreendedores junto a Sala do Emprendedor
Famurs faz encontro com prefeitos e diz que nenhum município será extinto
SMS espera intenso movimento de jovens para vacinar contra a Covid-19
Coronel Barros suspende temporariamente aplicação da vacina AstraZeneca
Câmara de Vereadores terá sessão ordinária na terça-feira
HCI implanta núcleo de ensino e pesquisa clínica
BM prende no centro homem foragido da justiça
Presidente do São Luiz avalia primeiro ano de mandato e diz que objetivo “é deixar o Clube nos trilhos”
Ijuí-RS
O tempo agora
2 de agosto de 2020

Facebook bloqueia no mundo todo contas investigadas por fake news

O Facebook publicou uma nota neste sábado (1º) informado que cumpriu a determinação do ministro do STF Alexandre de Moraes e bloqueou as contas investigadas no inquérito das Fake News. Inicialmente, a rede social de Mark Zuckerberg deveria impedir o uso dos perfis no Brasil. No entanto, a restrição foi ampliada para o mundo todo quando contas passaram a ser usadas a partir de outros países.

 

A empresa argumentou que havia cumprido com a ordem de bloquear as contas no Brasil ao restringir a visualização das páginas e perfis a partir de endereços IP no país. Segundo o Facebook, isso impediria usuários brasileiros de acessar os conteúdos das contas que foram alvos da ordem judicial, mesmo que localização fosse alterada. “A mais recente ordem judicial é extrema, representando riscos à liberdade de expressão fora da jurisdição brasileira e em conflito com leis e jurisdições ao redor do mundo” disse o Facebook em nota.

 

Após a empresa se negar a cumprir essa decisão, o ministro intimou o presidente do Facebook no Brasil. “Devido à ameaça de responsabilização criminal de um funcionário do Facebook Brasil, não tivemos alternativa a não ser cumprir com a ordem de bloqueio global das contas enquanto recorremos ao STF”, concluiu a empresa.

Fonte: Rádio Repórter - R7
voltar
© Copyright 2019