Ijuí/RS - Terça-feira, 05 de Julho de 2022
Manchetes
Prefeitos da região vão a Brasília pela compensação de valores devido a redução de impostos promovida pelo governo Federal
CNM aponta impacto imediato nas receitas municipais de R$ 73 milhões devido a redução do ICMS
Programa em parceria com a prefeitura busca selecionar famílias para receber crianças em suas casas
Óbito de número 300 por Covid-19 foi registrado em Ijuí
Daniel Franco deixa o comando técnico do São Luiz
8° Edição da Expocelb é lançada em Coronel Barros
Novos ritos na Seplan aceleram processos em prol do desenvolvimento
PC apreende 4kg de Cocaína e 1kg de Crack durante abordagem a veículo
Inadimplência de consumidores do Demei ultrapassa R$ 12 milhões
Municipal de Futsal conhece seus campeões
Ijuí-RS
O tempo agora
25 de março de 2022

“Estamos fazendo história em Ijuí”, diz secretário sobre contemplação de Ijuí em projeto de habitação

O município de Ijuí foi contemplado no processo de seleção de propostas do Programa de Regularização Fundiária e Melhoria Habitacional, integrante do Programa Casa Verde e Amarela, aprovado pela Resolução n. 225, de 17 de dezembro de 2020.

Resultado foi divulgado no diário oficial da União na tarde desta sexta-feira(25) e com isso serão contempladas em Ijuí 1400 famílias que possuem residências localizadas nos bairros 15 de Novembro e Getúlio Vargas com a regularização fundiária, por meio do programa do Governo Federal.

O investimento, será de R$ 9 milhões de reais em habitação conforme o que disse na Repórter o secretário Marcelo Buss. “Para nós é muito gratificante, porque convivemos com muitas pessoas dessas comunidades e sabemos das dificuldades que elas têm. São 700 casas em cada bairro e na semana que vem já daremos início ao processo de regularização para que também recursos na ordem de R$ 22 mil a fundo perdido por família possam ser utilizado nas melhorias de suas residências”, disse Marcelo Buss, secretário municipal de habitação.

Na primeira etapa, são esperados pelo menos R$ 4 milhões do Governo Federal, que daria para atender 700 famílias. Com a regularização de suas moradias, futuramente as famílias contempladas poderão inclusive auferir financiamento para ir melhorando ainda mais suas moradias.

Marcelo Buss disse que ter ido a Brasília foi fundamental para a aprovação do projeto do REURB de Ijuí. São recursos na ordem de R$ 9 milhões que além da celeridade para o desenvolvimento dos projetos, evitam que o município tenha que intervir com recursos seus para regularizar as residências.

“Foi um marco importante, vamos deixar história na memoria da população, uma vez que há casos em que famílias esperam já há mais de 30 anos pela matrícula de seus imóveis”, detacou.

O Governo Federal deverá investir cerca de R$ 500 milhões de reais na regularização de imóveis em todo o Brasil.

 

 

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019