Estado homologa Decreto de Situação de Emergência de Bozano


Foi publicado ontem no Diário Oficial do Estado nº 3 , terceira edição, a homologação do Decreto de Emergência assinado pelo prefeito em exercício Clóvis Copetti, na última segunda-feira. Na região da Coordenadoria Regional de Defesa Civil, que tem sede em Santo Ângelo houve a homologação do Decreto de Bozano e também de Campina das Missões.

Em Bozano, conforme dados apontados pela Emater e o município, os prejuízos superam as cifra de R$ 55 milhões. Nas lavouras de soja as perdas são de aproximadamente 40% da produção totalizando cerca de R$ 51 milhões com base no preço atual da saca de soja. Já no milho o prejuízo beira os R$ 2 milhões com quebra de 64% na lavoura. No milho silagem a quebra é de  47% em relação ao volume de massa verde.

Na bacia leiteira, muito atingida pela baixa qualidade do alimento produzido, caso da massa verde do milho silagem, além do desabastecimento de água – que demanda a abertura de bebedouros, os prejuízos chegaram a R$ 250 mil. No total, mais de 380 produtores e agricultores tem prejuízos por conta da estiagem. Há também o registro de situações envolvendo o abastecimento de água para consumo animal com mais de 50 solicitações para abertura de novos bebedouros no interior.

A partir da homologação do Decreto de Emergência, o município se habilita a busca de recursos do Estado para o enfrentamento à crise hídrica, além de os produtores poderem buscar negociação de dividas rurais.

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.