Ijuí/RS - Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2022
Manchetes
Incêndio é registrado no aterro sanitário
Congresso Nacional retoma atividades dia 1º e Pompeo diz que foco será aprovação do 14º dos aposentados e pensionistas
Ijuí já passa de 1,5 mil casos de Covid-19. Jovens entre 20 e 39 anos são os mais infectados
Multa de R$ 5 mil: SMMA já sabe quem descartou clandestinamente lixo em via que recém havia sido limpa por servidores da prefeitura
São Luiz anuncia contratação de mais um lateral esquerdo
Mesmo com atendimentos em queda no final de semana, número de infectados com Covid só aumenta em Ijuí
CNH do RS é a mais cara da região Sul do País
Prefeito de Nova Ramada está em Porto Alegre para assinar convênio de acesso asfáltico
Prefeito Andrei Cossetin está de férias
Bozano é contemplado com recursos do Programa Ilumina RS
Ijuí-RS
O tempo agora
6 de setembro de 2013

Ernani Polo: Nextel e Tim prestam depoimento na CPI da Telefonia da AL-RS

Na reunião ordinária da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Telefonia da Assembleia Legislativa desta segunda-feira (2), representantes das operadoras de telefonia móvel, Tim e Nextel admitiram que há deficiência na prestação dos serviços.

Tim

O engenheiro Cleber Rodrigo Afrânio, representante oficial da Tim, expôs dados da empresa referentes ao número de clientes, investimentos e infraestrutura. Segundo Afrânio, a Tim possui 70 milhões de clientes, representando uma fatia de 27% do mercado brasileiro. Em 2012, foram arrecadados R$ 8 bilhões em tributos diretos e indiretos para o Brasil. Destes, R$ 122 milhões no Rio Grande do Sul.

A Tim aumentou os investimentos em rede de R$ 52 milhões em 2012, para R$ 91 milhões em 2013: “Hoje temos 815 antenas 2G no Estado. Já a tecnologia 3G, conta com 396 antenas distribuídas em 44 cidades”, detalhou. Afrânio garantiu que até dezembro de 2013, a meta de implantação do sistema 4G será cumprido na Capital gaúcha. De acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a empresa foi bem avaliada em acessibilidade de rede e queda de sinal. “O número de reclamações da Tim caiu 31% de 2011 a 2013”, concluiu.

Quando questionado pelo presidente da CPI, deputado Ernani Polo (PP), sobre os investimentos no sistema 4G, o engenheiro admitiu dificuldades: “Seria mais prudente amadurecer a rede 3G primeiro, mas temos que cumprir uma determinação da Anatel”, assumiu. O relator da CPI, Daniel Bordignon (PT), solicitou ao engenheiro um levantamento das multas recebidas pela empresa e comentou sobre o valor de R$ 2 milhões aplicado à Tim por publicidade enganosa. Já o deputado Alexandre Postal (PMDB) pediu ao representante um relatório sobre os gastos com mídia.

Nextel

O diretor jurídico da Nextel, Luís Fernando Amadeu Almeida, declarou que a empresa detém 1,44% do mercado nacional, totalizando quase 4 milhões de usuários, atuando mais no ramo empresarial. Em relação aos investimentos, Almeida revelou que de 1997 até 2012, foram R$ 7 bilhões e atribuiu as dificuldades às legislações restritivas, manifestando apoio ao projeto da lei das antenas da Câmara Federal, justificando que, com sua aprovação, os procedimentos serão uniformizados: “Isso facilitará o investimento por parte das operadoras e beneficiará consumidor.A respeito da tarifa de interconexão – valor cobrado quando uma chamada é realizada de uma operadora para a outra – segundo o diretor, prejudica a entrada das pequenas operadoras no mercado: “o custo desta interconexão traz barreira às pequenas empresas, o alto valor desta tarifa faz com que consumidor opte por uma companhia maior para evitar o custo”, observou.Ernani Polo lembrou que na próxima semana, dia 9 de setembro, às 14h30, a CPI da Telefonia irá ouvir o depoimento de um representante da operadora Claro.Estiveram presentes também os deputados Jurandir Maciel (PTB), Nelsinho Metalúrgico (PT) e Heitor Schuch (PSB).

voltar
© Copyright 2019