Ijuí/RS - Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021
Manchetes
Trabalho prisional na Modulada é case de sucesso a ser implantado em outras casas prisionais gaúchas
Assinado o contrato para obra de pavimentação asfáltica em Coronel Barros
Cronograma de imunização contra a Covid segue na Estação Cultura
“Não podemos encerrar essa linda história que a Expo Ijuí Fenadi tem”, diz presidente da UETI
Quase metade das escolas estaduais da região não tem candidatos a diretor. Eleição ocorre a partir de amanhã
Bazar Solidário do Bom Pastor arrecadou quase R$ 50 mil
Pelo menos 2 mil estudantes das redes Estadual e Municipal estão realizando a prova do Saeb
Defesa das universidades comunitárias será bandeira de Busnello a partir de hoje na Câmara
Ômicrom no Brasil? Brasileiro vindo da África, testa positivo para Coronavirus
Brigada prende 2 por furto de veículo em Catuípe
Ijuí-RS
O tempo agora
14 de outubro de 2021

Educação Municipal: “Saímos de uma rede analógica para uma rede tecnológica”, diz secretário Cláudio Souza

A Escola de Ensino Fundamental Soares de Barros será o primeiro educandário da rede Municipal a receber uma impressora 3D por meio de um projeto desenvolvido em parceria com o Ministério da Educação(MEC). É um projeto pioneiro no segmento da robótica e os alunos do educandário cumpriram o primeiro passo do projeto sendo contemplados com o equipamento avaliado em R$ 20 mil.

“Essa será a primeira impressora 3D que teremos em uma escola da rede municipal”, disse o secretário de educação Cláudio Souza ao lembrar que se a escola cumprir com êxito o segundo passo do projeto, ganhará do MEC todos os equipamentos que integram uma “sala maker” equipada com equipamentos eletrônicos e de robótica para o desenvolvimento de projetos.

O professor disse que é desejo da pasta da educação, inserir mais escolas da rede neste importante projeto de robótica, uma vez que há um programa em andamento na Educação Municipal que trabalha todas essas questões da tecnologia. Souza lembrou que o uso de dispositivos eletrônicos se acentuou na pandemia, e no ambiente escolar mais ainda, para que os professores pudessem manter o vínculo do aluno com a escola.

Ao avaliar os nove primeiros meses de gestão à frente da Secretaria da Educação, Claudio Souza disse estar encantado com o trabalho desenvolvido na rede que tem 25 escolas e mais de 7 mil alunos, além de uma equipe qualificada de professores e servidores. “Isso tem feito a diferença para o que a secretaria tem proposto”, frisou.

Ao falar mais sobre a informatização das escolas, Souza disse que uma das grandes ações deste período foi a entrega dos 618 chromebook para os professores municipais. Os equipamentos terão função importante e estratégica no planejamento dos educadores na preparação das aulas e na metodologia de aplicação com os alunos. O chamado “letramento digital” trata-se de uma formação continuada que integra as trilhas      pedagógicas preparando os professores para atuar com toda esta tecnologia.

Nesta semana a Smed definiu também a aquisição de 241 televisores que serão instalados em todas as salas de aula da rede municipal para que o professor possa trabalhar conteúdos com os alunos, além de espelhar, por meio dos chromebooks, seu planejamento e metodologia de forma mais interativa.

“Isso é um grande avanço que está sendo feito na rede municipal. Saímos de uma rede analógica para uma rede municipal tecnológica em nove meses e tem ainda o programa uniforme escolar – lei aprovada – e agora com licitação em andamento para a aquisição de 50 mil peças. É um grande passo que estamos dando na promoção da igualdade entre nossos alunos além de todo o aspecto social e também de identidade de rede municipal de ensino”, finalizou.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019