Ijuí/RS - Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2022
Manchetes
Incêndio é registrado no aterro sanitário
Congresso Nacional retoma atividades dia 1º e Pompeo diz que foco será aprovação do 14º dos aposentados e pensionistas
Ijuí já passa de 1,5 mil casos de Covid-19. Jovens entre 20 e 39 anos são os mais infectados
Multa de R$ 5 mil: SMMA já sabe quem descartou clandestinamente lixo em via que recém havia sido limpa por servidores da prefeitura
São Luiz anuncia contratação de mais um lateral esquerdo
Mesmo com atendimentos em queda no final de semana, número de infectados com Covid só aumenta em Ijuí
CNH do RS é a mais cara da região Sul do País
Prefeito de Nova Ramada está em Porto Alegre para assinar convênio de acesso asfáltico
Prefeito Andrei Cossetin está de férias
Bozano é contemplado com recursos do Programa Ilumina RS
Ijuí-RS
O tempo agora
5 de dezembro de 2019

Decepção com desempenho e vaga na pré-Libertadores

competência de Eduardo Coudet será colocada à prova mais cedo em 2020, no início da trajetória do técnico argentino no Beira-Rio. Na noite dessa quarta-feira (4), o Inter foi derrotado pelo São Paulo por 2 a 1 no Morumbi e não tem mais chance de terminar o Brasileirão no G-6. Assim, caso confirme a última vaga na pré-Libertadores, o time terá de encarar mata-mata já a partir de 5 de fevereiro, com menos de um mês de treinos.

pesar do resultado negativo no Morumbi, o Inter foi beneficiado pelo empate do Fortaleza com o Fluminense, no Maracanã, e poderá garantir a vaga na Libertadores sem entrar em campo. Para isso, basta que o Goiás não vença o Palmeiras, em Campinas, na noite desta quinta-feira (5).

 

O clima no vestiário colorado foi de desânimo após a derrota. A expectativa era vencer o São Paulo e, não apenas se garantir na fase preliminar, como ficar perto de um lugar direto nos grupos da Libertadores. Como ocorreu nas finais do Gauchão e da Copa do Brasil e nos confrontos com o Flamengo no torneio continental, o Inter fracassou em mais uma partida decisiva na temporada.

 

— Era uma final para nós. Queríamos fazer o resultado e não depender dos outros. Queríamos a vitória para conseguir a vaga direta, mas não fizemos um bom primeiro tempo. Mesmo tomando o gol, fizemos um segundo tempo melhor. Agora vamos pensar em terminar (o campeonato) da melhor forma — disse o lateral Uendel, que está fora da partida contra o Atlético-MG no domingo (8) por suspensão.

 

 

Ainda que o Goiás vença o Palmeiras, o Inter seguirá com uma condição favorável para ficar com a última vaga brasileira na Libertadores. Para isso, bastará vencer o Atlético-MG no domingo. A classificação como oitavo colocado no Brasileirão, de acordo com o diretor-executivo Rodrigo Caetano, não deverá ser motivo de comemoração para o clube.

Fonte: Correio Do Povo
voltar
© Copyright 2019