Ijuí/RS - Sexta-feira, 03 de Dezembro de 2021
Manchetes
Aumenta número de pedidos de Proagro junto a Emater municipal
Gerente regional anuncia liberação de espaços externos do Sesc à comunidade
Veículo furtado em Santa Rosa é recuperado pela PRE
Secretário de Governança do Estado conclama eleitores da região a participar da Consulta Popular
"Aqui me sinto bem", diz Márcio Goiano sobre retorno ao São Luiz
Natal na Unijuí acontece neste domingo
14º Salário para segurados do INSS vai para a CCJ da Câmara dos Deputados
Executivo buscará junto a ACI, doação da marca Expo Ijuí Fenadi
Projeto de padronização da Avenida 21 de Abril prevê retirada dos canteiros centrais
Com ou sem recursos da LIC, cidade estará iluminada dia 12, diz prefeito
Ijuí-RS
O tempo agora
31 de outubro de 2019

D’Ale afirma não se incomodar com “cornetas” de Renato e provoca: “Não é sempre que vai ganhar”

Em entrevista na tarde desta quarta-feira, às vésperas do jogo contra o Athletico-PR, D’Alessandro falou de muita coisa. Em sua primeira fala após a demissão de Odair Hellmann, destacou sua amizade com Coudet, elogiou o ex-treinador e apontou pontos positivos do recente trabalho de Zé Ricardo. Falou, também, sobre o rival: citou Renato e deu uma alfinetada no Tricolor, recentemente eliminado na Libertadores pelo Flamengo.

 

 

 

O meia relembrou as inúmeras “cornetas sadias” entre ele e Renato, e elogiou o treinador do Grêmio, classificando-o como um motivador. Reconheceu as divergências, mas destacou que o futebol é feito de fases. “Posso não concordar com muita coisa que ele fala, como ele não deve concordar comigo. Faz parte do dia-a-dia do futebol. Mas é feito de fases, ninguém está isento. Em algum momento vai cair, não é sempre que vai ganhar”, frisou.

 

 

 

Ainda sobre treinadores, destacou as mudanças já promovidas por Zé Ricardo desde a sua chegada. Destacou a atenção dada a Paolo Guerrero, atacante com quem o atual comandante chegou a trabalhar anteriormente na carreira, na passagem de ambos pelo Flamengo. “Uma das ideias é que a gente possa acompanhar mais ele. Em muitos jogos, ficou isolado”, detalhou.

 

 

 

D’Alessandro evitou aumentar o tamanho do clássico Gre-Nal, marcado para o próximo domingo, ao citar as rodadas seguintes e a quantidade de pontos ainda por serem disputados. Pediu foco, em primeiro lugar, ao jogo desta quinta. “De nada adianta ganhar o Gre-Nal e perder em casa. Se perdermos para o Athletico-PR com certeza vai ter outro peso. Primeiro, temos que fazer a nossa parte aqui”, destacou.

 

 

 

O Inter enfrenta o Athletico-PR nesta quinta-feira, às 21h30min, no Beira-Rio, em jogo válido pela 29ª rodada do Brasileirão. No domingo, às 18h, o Colorado enfrenta o Grêmio, na Arena. A equipe de Zé Ricardo ocupa a 5ª colocação, com 45 pontos, 4 a menos que o São Paulo, primeiro time dentro do G4.

Fonte: Correio Do Povo
voltar
© Copyright 2019