Ijuí/RS - Domingo, 03 de Julho de 2022
Manchetes
Homem com mandado de prisão expedido pela comarca de Carazinho é preso em Ijui
Homem é preso por trafico de entorpecentes em Ijui
Uruguaio Lugano conhece a realidade do São Luiz
Brigada Militar prende homem por tráfico de entorpecentes
100º Dia Internacional do Cooperativismo acontece neste sábado
Conselheiros de Saúde integrantes do Comus são empossados
APAE promove neste sábado 2º festival do cachorro quente para angariar fundos
Compliance, ferramenta de prevenção contra ilicitudes, é realidade no HCI
UABI coordena eleição no São Geraldo no domingo. Presidente ressalta bom relacionamento com o Executivo
Escola Civico Militar completa um ano no IMEAB
Ijuí-RS
O tempo agora
31 de outubro de 2019

D’Ale afirma não se incomodar com “cornetas” de Renato e provoca: “Não é sempre que vai ganhar”

Em entrevista na tarde desta quarta-feira, às vésperas do jogo contra o Athletico-PR, D’Alessandro falou de muita coisa. Em sua primeira fala após a demissão de Odair Hellmann, destacou sua amizade com Coudet, elogiou o ex-treinador e apontou pontos positivos do recente trabalho de Zé Ricardo. Falou, também, sobre o rival: citou Renato e deu uma alfinetada no Tricolor, recentemente eliminado na Libertadores pelo Flamengo.

 

 

 

O meia relembrou as inúmeras “cornetas sadias” entre ele e Renato, e elogiou o treinador do Grêmio, classificando-o como um motivador. Reconheceu as divergências, mas destacou que o futebol é feito de fases. “Posso não concordar com muita coisa que ele fala, como ele não deve concordar comigo. Faz parte do dia-a-dia do futebol. Mas é feito de fases, ninguém está isento. Em algum momento vai cair, não é sempre que vai ganhar”, frisou.

 

 

 

Ainda sobre treinadores, destacou as mudanças já promovidas por Zé Ricardo desde a sua chegada. Destacou a atenção dada a Paolo Guerrero, atacante com quem o atual comandante chegou a trabalhar anteriormente na carreira, na passagem de ambos pelo Flamengo. “Uma das ideias é que a gente possa acompanhar mais ele. Em muitos jogos, ficou isolado”, detalhou.

 

 

 

D’Alessandro evitou aumentar o tamanho do clássico Gre-Nal, marcado para o próximo domingo, ao citar as rodadas seguintes e a quantidade de pontos ainda por serem disputados. Pediu foco, em primeiro lugar, ao jogo desta quinta. “De nada adianta ganhar o Gre-Nal e perder em casa. Se perdermos para o Athletico-PR com certeza vai ter outro peso. Primeiro, temos que fazer a nossa parte aqui”, destacou.

 

 

 

O Inter enfrenta o Athletico-PR nesta quinta-feira, às 21h30min, no Beira-Rio, em jogo válido pela 29ª rodada do Brasileirão. No domingo, às 18h, o Colorado enfrenta o Grêmio, na Arena. A equipe de Zé Ricardo ocupa a 5ª colocação, com 45 pontos, 4 a menos que o São Paulo, primeiro time dentro do G4.

Fonte: Correio Do Povo
voltar
© Copyright 2019