Ijuí/RS - Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019
18 de novembro de 2019

Criança de cinco anos e mulher grávida estão entre os mortos

No Cruze que colidiu contra uma S10, em Boa Vista do Buricá, na madrugada deste domingo (17), estava uma família radiante, à espera do segundo filho. Joenara Knüppe, 31 anos, descobriu a gestação na semana anterior e aproveitou o feriadão da Proclamação da República para comemorar a boa nova em Três de Maio.

 

Joenara, o marido Rodrigo Cesar de Barros Padilha, 32 anos, e o filho do casal, de cinco anos, estavam na festa de 30 anos da irmã mais nova dela. De madrugada, quando se deslocavam para a casa da mãe de Joenara, na vizinha Boa Vista do Buricá, deram de frente em uma S10 de Santo Ângelo, no km 115 da BR-472. A caminhonete era dirigida por José Orlando Gontijo Tavares, 74 anos.

 

 

Os quatro morreram. Não se sabe o que causou o acidente. O responsável pela investigação, delegado João Vittório Barbato, disse que irá se inteirar dos fatos na segunda-feira (18).

 

 

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tentaram salvar duas das vítimas, mas não conseguiram. Ambas morreram a caminho do hospital. Joenara, o marido e o filho moravam em Cachoeira do Sul, na Região Central, distante 450 quilômetros de Boa Vista do Buricá, que fica no noroeste do Estado.

 

 

 

Ela, boa-vistense, tinha uma clínica de estética em Cachoeira do Sul, e ele, nascido em Três Passos, era gerente de uma empresa do setor de agronegócio. Eram casados desde 2013.O cunhado de Joenara, Márcio André Rosa da Silva, 32 anos, contou que os três deveriam pegar mais 50 quilômetros de estrada neste domingo (17) cedo, rumo a Três Passos, para visitar os pais de Rodrigo.

Fonte: Polícia Rodoviária Federal
voltar
© Copyright 2019