Ijuí/RS - Domingo, 07 de Agosto de 2022
Manchetes
3° suspeito de homicídio por tráfico de entorpecentes e mulher que estava foragida são presos pela Brigada Militar
29º BPM prende 2º suspeito de homicídio, por tráfico de entorpecentes em Ijuí
29º BPM prende homem por tráfico de entorpecentes em Ijuí
Prerrogativas da advocacia e lei do abuso de autoridade foi tema de evento na OAB de Ijuí
Festival do queijo e do vinho do Rotary tem todos os ingressos vendidos
Câmara inicia a implantação do Processo Legislativo Eletrônico
Igor Pavan é mais um contratado para defender o gol do São Luiz
HCI tem recursos garantidos pelo Ministério da Saúde para aquisição de novo Acelerador Linear
Médico oncologista de Ijuí participará de congresso europeu sobre diagnostico e tratamento do Câncer
Mulher é atingida com 12 golpes de faca em tentativa de feminicidio registrada em Ijuí
Ijuí-RS
O tempo agora
23 de fevereiro de 2021

Coordenador da Vigilância em Saúde fala em rigor na fiscalização a partir das 20 horas

A primeira noite de cumprimento do novo decreto estadual passa a ser obedecido em Ijuí, com ações organizadas pelo setor de fiscalização do município e órgãos de segurança.

 

“É um momento delicado, com elevado número de casos suspeitos e confirmados”, comentou o Coordenador da Vigilância em Saúde. Ortiz Schröer Júnior chamou a atenção para as alterações nas regras, mas que segundo ele, não são novidade, pois Ijuí já esteve em outro período em bandeira vermelha.

 

Citou o caso de igrejas, com possibilidade de abertura até às 20 horas, com limite de 30 pessoas ou 20 % da capacidade, obedecendo distanciamento de 1,5 metros entre os presentes. Já quadras esportivas estão com atividades proibidas.

 

Schröer também comentou a respeito das academias, com lotação de 25%, regra que já “é do conhecimento dos proprietários”.

 

O Coordenador reuniu-se com proprietários e assessores jurídicos de supermercados, que também fecham as portas às 20 horas,a partir de hoje. Alertou para a organização dos estabelecimentos para evitar formação de filas e aglomeração.  Ainda no caso específico de supermercados, caso houver público no interior do estabelecimento às 20 horas, o cliente poderá concluir as compras até às 21 horas, ganhando uma hora de tolerância.

 

O Coordenador frisou que a fiscalização com ações planejadas irá“ocorrer, com certeza, e cada um deve fazer o seu papel”.

 

 

 

 

 

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019