Ijuí/RS - Sábado, 28 de Maio de 2022
Manchetes
São Luiz busca primeira vitória fora de casa na Série D neste sábado
Polícia Civil deflagra operação de combate a violência contra a Mulher
Capitão Stivanin avalia início do trabalho em Ijuí
SMMA inicia amanhã as ações que marcam o mês do meio ambiente
Campanha do agasalho segue em Ijuí com mais uma ação em praça pública
Chuva faz aumentar em 300% número de chamados para reparos em estradas do interior
Secretário Cláudio Souza assume presidência do Conseme
HCI atuará em benefício dos servidores da BM e da Modulada
Audiência virtual do TJ-RS é interrompida após homem aparecer sentado nu em vaso sanitário
BM cumpriu mandado de prisão no bairro São Paulo
Ijuí-RS
O tempo agora
24 de janeiro de 2022

Congresso Nacional retoma atividades dia 1º e Pompeo diz que foco será aprovação do 14º dos aposentados e pensionistas

O deputado federal Pompeo de Mattos está aproveitando os dias de férias na sua região, para, ao lado do deputado estadual visitar as bases e colher informações e reivindicações da população. Uma das questões que mais ouve está relacionada a estiagem e os prejuízos contabilizados pelos municípios. Hoje, já são 375 municípios que decretaram situação de emergência em função da estiagem.

No que diz respeito ao ano eleitoral, Pompeo de Mattos destacou que é de expectativas para a formatação das candidaturas ao governo do estado e à presidência da república. “A gente é quem faz o ano, então o PDT precisa se mobilizar e mobilizar suas bases”, salientou ao enfatizar que os nomes discutidos para a disputa estadual são Romildo Bolzan e Vieira da Cunha.

Em relação a disputa nacional, lembrou que o nome do PDT é Ciro Gomes que teve pré-candidatura confirmada na convenção do partido no final de semana – encontro que elegeu Pompeo de Mattos vice-presidente nacional do PDT para a região Sul do Brasil. O deputado federal disse ainda que Leonel Brizola serve de inspiração para o Partido se mobilizar para ter um candidato que possa ser competitivo e que Ciro Gomes é este nome, está pronto.

Em relação ao 14º salário dos aposentados e pensionistas, o deputado federal disse que o congresso nacional volta às atividades no dia 1º de fevereiro. O parlamentar disse ter convicção da sanção do projeto, tendo em vista que o presidente Bolsonaro aprovou no orçamento deste ano o fundo eleitoral e o reajuste dos agentes da Polícia Federal. “O nosso foco é a aprovação do 14º salário para os aposentados e pensionistas do INSS. O presidente não deverá negar a liberação do abono para a categoria”, destacou.

 

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019