Ijuí/RS - Sábado, 25 de Setembro de 2021
Manchetes
Brigada Militar de Jóia recebe viatura do 29ºBPM.
HCI realiza procedimento inédito para tratamento de nódulos na tireóide
Secretaria de Desenvolvimento Social registra mais de 500 pedidos por telhas
Prefeito de Joia mobiliza equipes para recuperar estradas danificadas pela chuva
Aposentados e Pensionistas tem expectativa de receber 14º salário em dezembro
Vereador Paulo Braga lamenta recorrência do descarte irregular de lixo
Semana do Trânsito em Ijuí teve palestra com a PRF para motoristas da prefeitura
Ijuí começa segunda-feira imunização a partir de 15 anos e antecipa amanhã segunda dose de vacinas
Em defesa dos cavalos, promotor diz que “Vida digna para nós cidadãos é não ver estes animais velhinhos, fraquinhos puxando peso que não podem suportar”
Secretários de educação da AMUPLAM se encontraram em Condor
Ijuí-RS
O tempo agora
4 de agosto de 2021

Com as baixas temperaturas aumentou atendimento nos órgãos de assistência social de Ijuí

As baixas temperaturas registradas na semana passada fizeram aumentar o número de atendimentos nos organismos ligados a área social de Ijuí. Segundo a coordenadora do CRAS do Centro Social Urbano, assistente Marlise Weschenfelder, foi entregue grande quantidade de roupas e agasalhos pela pasta de assistência social, além da distribuição de marmitas com sopa quente, inclusive em pontos vulneráveis do bairro Getúlio Vargas.

Segundo ela, o atendimento do Cras não se limita a distribuição de alimentos, embora essa prática tenha aumentado bastante por conta do frio e da crise gerada pela pandemia, com perda de empregos. No local, os usuários podem obter informações e encaminhar programas sociais, como BPC, passe livre e cartão de idoso, além de auxílios, funeral, natalidade e alimentação.

Toda pessoa que precisa de ajuda, ao chegar recebe atendimento de um técnico, observou a assistente, recordando que antes as coisas eram mais rigorosas, agora, com a pandemia e outras situações, muita gente está em dificuldade, inclusive aposentados que moram sozinhos.

Atualmente, mais de 2.500 pessoas são atendidas somente no CRAS do Centro Social Urbano, algumas com dificuldade temporária. Reiterou pedido de roupas e agasalhos, considerando que novas ondas de frio devem ocorrer em agosto e setembro. A assistência social do município mantém uma casa na Rua Emil Glitz, onde as pessoas podem retirar doações durante o inverno, concluiu Marlise Weschenfelder.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019