Ijuí/RS - Domingo, 20 de Junho de 2021
Manchetes
Estado recebe e distribui vacinas Coronavac nesta sexta-feira
SMED de Ijuí fez entrega de agasalhos a Secretaria de Desenvolvimento Social
Cerca de 30% da área da cultura de trigo na região de Ijuí já está implantada
Secretaria de Desenvolvimento Social de Ijuí e Gabinete da primeira dama realizam várias ações no município
Vereador Pompeo de Mattos avalia trabalhos no legislativo municipal e não descarta possibilidade de concorrer a deputado estadual
Presidente da AMUPLAM questiona modelo do sistema de ocupação hospitalar utilizado pelo estado durante a pandemia
Comitiva de Ijuí busca apoio da superintendência do DAER em Cruz Alta para revitalização da ERS 218
Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Idosa está presente em 29 municípios da região de Ijuí
Ijuí registrou ontem 36 novos casos de covid-19
Casa familiar rural de Catuípe conclui semestre com aulas remotas
Ijuí-RS
O tempo agora
15 de setembro de 2019

Com Arena cheia, Grêmio goleia o Goiás por 3 a 0

Na tarde ensolarada deste domingo, mais de 41 mil torcedores foram para a Arena para comemorar o aniversário de 116 anos do Grêmio. E acabaram vendo mais: em primeiro tempo inspirado, o Tricolor fez 3 a 0 no Goiás, resultado que coloca de vez a equipe na briga pelo G6 no segundo turno do Brasileirão.

 

Os gols foram marcados todos nos 45 minutos iniciais. Jean Pyerre, Everton e Alisson, com golaços, asseguraram os três pontos do Tricolor.

 

Com a vitória, o Grêmio vai a 28 pontos na tabela de classificação, e passa para a 8ª colocação. Na próxima rodada, o Tricolor abre o returno fora de casa. No sábado, às 21h, enfrenta o Santos, na Vila Belmiro.

 

Tricolor atropela no primeiro tempo

 

O Grêmio fez um primeiro tempo avassalador na Arena. Com amplo domínio sobre o Goiás, acumulou chances de gol e praticamente não deu oportunidades para o adversário. A entrada de Tardelli no lugar de André deu mais mobilidade ao ataque tricolor, e mesmo a tentativa de encurtar os espaços exercida pelo time esmeraldinho se mostrou insuficiente.

 

A primeira chance gremista surgiu aos 8 minutos, com um chute de Tardelli no bico da grande área que o goleiro Marcelo Rangel espalmou pela linha de fundo. Aos 11, após um escanteio, Daviz Braz cabeceou pra fora.

 

Cinco minutos depois, era a vez do volante Michel arriscar de fora da área. Novamente o goleiro do Goiás precisou trabalhar. Em 20 minutos, o Grêmio já havia finalizado oito vezes. O gol era questão de tempo.

 

E ele veio aos 28. Jean Pyerre marcou um golaço de fora da área. A bola chegou a bater no poste antes de encostar na rede. Quatro minutos depois, Everton deixou o dele e ampliou para 2 a 0 depois de uma troca de passes do Tricolor.

 

Era uma atuação de gala dos melhores momentos do time comandado por Renato Portaluppi, justamente no aniversário de 116 anos do clube. E mesmo com a vantagem no placar, o ímpeto não diminuía.

 

Aos 40, em rápido contra-ataque, Alisson perdeu a chance de ampliar a errar duas vezes o chute. Um minuto depois, foi a vez de Tardelli chutar para a Rangel pegar em dois tempos.

 

Mas aos 45 minutos, não teve jeito. Alisson recebeu dentro da área e tocou por cobertura para fazer o terceiro. O auxiliar marcou impedimento, mas o árbitro checou com o VAR e validou o gol.

 

Grêmio diminui o ritmo e administra vantagem

 

No segundo tempo, o técnico Renato Portaluppi manteve a equipe que começou a goleada. Já o técnico Ney Franco promoveu uma troca para tentar diminuir o marcador. Sacou o centroavante Rafael Moura e colocou em campo o atacante uruguaio Leandro Barcia.

 

Apesar de não ter feito substituições, Renato fez uma mudança de posicionamento: centralizou Everton na função de falso 9 e abriu Diego Tardelli para uma das pontas, possivelmente visando alguma alternativa tática para o jogo diante do Flamengo, pela semifinal da Libertadores, em outubro.

 

Com o placar amplamente favorável, o Tricolor entrou no segundo tempo um pouco desatento, proporcionando pelo menos três chances ao Goiás nos primeiros 15 minutos. Na mais perigosa delas, Marcelo Hermes cobrou escanteio e Gilberto desviou no primeiro pau, obrigando Paulo Victor a fazer grande defesa.

 

Aos poucos, o Grêmio voltou a equilibrar as ações, mas ainda assim diminuiu a intensidade. Passou a administrar a vantagem e, assim, Renato teve a chance de fazer mais testes. Sob muitos aplausos, colocou Luan e o atacante Luciano em campo, para dar alternativas ofensivas ao Tricolor.

 

Nos minutos finais, já com Patrick também em campo, o Grêmio se aproveitou do abatido Goiás, que pouco fez além de uma bola na trave esquerda de Paulo Victor. Apesar de recuperar o volume de jogo no fim do confronto e de criar chances com Luan pelo lado esquerdo, o confronto acabou mesmo com a vitória de 3 a 0 construída ainda na etapa inicial.

 

Campeonato Brasileiro 19ª rodada

 

Grêmio 3

Paulo Victor; Galhardo, Paulo Miranda, David Braz e Cortez; Matheus Henrique (Luan), Michel, Jean Pyerre, Alisson e Everton; Diego Tardelli. Técnico: Renato Portaluppi

 

Goiás 0

Rangel; Daniel Guedes, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Marcelo Hermes; Gilberto, Léo Sena, Yago Felipe, Michael e Kayke (Rafinha); Rafael Moura (Leandro Barcia). Técnico: Ney Franco

 

Gols: Jean Pyerre (28/1T); Everton (32/1T) e Alisson (45/1T)

Cartão amarelo: Yago Felipe (Goiás)

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Público: 41.733

Renda: R$ 1.071.113,00

 

Fonte: Correio do Povo

voltar
© Copyright 2019