Ijuí/RS - Terça-feira, 22 de Outubro de 2019
15 de setembro de 2019

Com Arena cheia, Grêmio goleia o Goiás por 3 a 0

Na tarde ensolarada deste domingo, mais de 41 mil torcedores foram para a Arena para comemorar o aniversário de 116 anos do Grêmio. E acabaram vendo mais: em primeiro tempo inspirado, o Tricolor fez 3 a 0 no Goiás, resultado que coloca de vez a equipe na briga pelo G6 no segundo turno do Brasileirão.

 

Os gols foram marcados todos nos 45 minutos iniciais. Jean Pyerre, Everton e Alisson, com golaços, asseguraram os três pontos do Tricolor.

 

Com a vitória, o Grêmio vai a 28 pontos na tabela de classificação, e passa para a 8ª colocação. Na próxima rodada, o Tricolor abre o returno fora de casa. No sábado, às 21h, enfrenta o Santos, na Vila Belmiro.

 

Tricolor atropela no primeiro tempo

 

O Grêmio fez um primeiro tempo avassalador na Arena. Com amplo domínio sobre o Goiás, acumulou chances de gol e praticamente não deu oportunidades para o adversário. A entrada de Tardelli no lugar de André deu mais mobilidade ao ataque tricolor, e mesmo a tentativa de encurtar os espaços exercida pelo time esmeraldinho se mostrou insuficiente.

 

A primeira chance gremista surgiu aos 8 minutos, com um chute de Tardelli no bico da grande área que o goleiro Marcelo Rangel espalmou pela linha de fundo. Aos 11, após um escanteio, Daviz Braz cabeceou pra fora.

 

Cinco minutos depois, era a vez do volante Michel arriscar de fora da área. Novamente o goleiro do Goiás precisou trabalhar. Em 20 minutos, o Grêmio já havia finalizado oito vezes. O gol era questão de tempo.

 

E ele veio aos 28. Jean Pyerre marcou um golaço de fora da área. A bola chegou a bater no poste antes de encostar na rede. Quatro minutos depois, Everton deixou o dele e ampliou para 2 a 0 depois de uma troca de passes do Tricolor.

 

Era uma atuação de gala dos melhores momentos do time comandado por Renato Portaluppi, justamente no aniversário de 116 anos do clube. E mesmo com a vantagem no placar, o ímpeto não diminuía.

 

Aos 40, em rápido contra-ataque, Alisson perdeu a chance de ampliar a errar duas vezes o chute. Um minuto depois, foi a vez de Tardelli chutar para a Rangel pegar em dois tempos.

 

Mas aos 45 minutos, não teve jeito. Alisson recebeu dentro da área e tocou por cobertura para fazer o terceiro. O auxiliar marcou impedimento, mas o árbitro checou com o VAR e validou o gol.

 

Grêmio diminui o ritmo e administra vantagem

 

No segundo tempo, o técnico Renato Portaluppi manteve a equipe que começou a goleada. Já o técnico Ney Franco promoveu uma troca para tentar diminuir o marcador. Sacou o centroavante Rafael Moura e colocou em campo o atacante uruguaio Leandro Barcia.

 

Apesar de não ter feito substituições, Renato fez uma mudança de posicionamento: centralizou Everton na função de falso 9 e abriu Diego Tardelli para uma das pontas, possivelmente visando alguma alternativa tática para o jogo diante do Flamengo, pela semifinal da Libertadores, em outubro.

 

Com o placar amplamente favorável, o Tricolor entrou no segundo tempo um pouco desatento, proporcionando pelo menos três chances ao Goiás nos primeiros 15 minutos. Na mais perigosa delas, Marcelo Hermes cobrou escanteio e Gilberto desviou no primeiro pau, obrigando Paulo Victor a fazer grande defesa.

 

Aos poucos, o Grêmio voltou a equilibrar as ações, mas ainda assim diminuiu a intensidade. Passou a administrar a vantagem e, assim, Renato teve a chance de fazer mais testes. Sob muitos aplausos, colocou Luan e o atacante Luciano em campo, para dar alternativas ofensivas ao Tricolor.

 

Nos minutos finais, já com Patrick também em campo, o Grêmio se aproveitou do abatido Goiás, que pouco fez além de uma bola na trave esquerda de Paulo Victor. Apesar de recuperar o volume de jogo no fim do confronto e de criar chances com Luan pelo lado esquerdo, o confronto acabou mesmo com a vitória de 3 a 0 construída ainda na etapa inicial.

 

Campeonato Brasileiro 19ª rodada

 

Grêmio 3

Paulo Victor; Galhardo, Paulo Miranda, David Braz e Cortez; Matheus Henrique (Luan), Michel, Jean Pyerre, Alisson e Everton; Diego Tardelli. Técnico: Renato Portaluppi

 

Goiás 0

Rangel; Daniel Guedes, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Marcelo Hermes; Gilberto, Léo Sena, Yago Felipe, Michael e Kayke (Rafinha); Rafael Moura (Leandro Barcia). Técnico: Ney Franco

 

Gols: Jean Pyerre (28/1T); Everton (32/1T) e Alisson (45/1T)

Cartão amarelo: Yago Felipe (Goiás)

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Público: 41.733

Renda: R$ 1.071.113,00

 

Fonte: Correio do Povo

voltar
© Copyright 2019