Ijuí/RS - Sábado, 28 de Maio de 2022
Manchetes
São Luiz busca primeira vitória fora de casa na Série D neste sábado
Polícia Civil deflagra operação de combate a violência contra a Mulher
Capitão Stivanin avalia início do trabalho em Ijuí
SMMA inicia amanhã as ações que marcam o mês do meio ambiente
Campanha do agasalho segue em Ijuí com mais uma ação em praça pública
Chuva faz aumentar em 300% número de chamados para reparos em estradas do interior
Secretário Cláudio Souza assume presidência do Conseme
HCI atuará em benefício dos servidores da BM e da Modulada
Audiência virtual do TJ-RS é interrompida após homem aparecer sentado nu em vaso sanitário
BM cumpriu mandado de prisão no bairro São Paulo
Ijuí-RS
O tempo agora
30 de junho de 2020

Cerca de 1.700 pessoas de Ijuí encaminharam o seguro desemprego neste primeiro semestre de 2020

Professor da Unisc em Caxias do Sul, Marcos Paulo Dhain Griebler, tratou de temas ligados a região funcional sete do Corede Noroeste Colonial. Comentou sobre um estudo relacionado ao seguro desemprego no período de janeiro até a primeira quinzena de junho no tocante ao número de solicitações.

Na região, foram encaminhados 3.400 pedidos, dos quais 1.748 são de ljuí e 1.208 de Panambi, com pico maior no mês de maio. Contou que fica pronto nos próximos meses um levantamento abrangendo o período desde o ano 2000 para se ter uma ideia de quantas solicitações foram feitas em todo esse tempo.

O auxílio emergencial se apresenta de forma mais complexa, explicou o professor Marcos Paulo, observando que a verba inicial era de R$ 80 bilhões para atender a demanda, porém, o recurso foi insuficiente obrigando o governo federal a disponibilizar mais R$ 40 bilhões de crédito suplementar para contemplar as outras três parcelas do benefício.

Só em Ijuí foram investidos mais de R$ 10 milhões com o auxílio emergencial, Panambi quase R$ 4 milhões e Catuípe, cerca de R$ 1 milhão. Ele vê a concessão como importante ajuda neste momento, porém, existem muitas fraudes, exigindo maior rigor do governo, caso contrário, quem realmente precisa pode ficar sem o dinheiro.

Nem sempre a corrupção está no governo, mas também nas pessoas que agem de forma desonesta nessas ocasiões. De positivo, a recuperação de R$ 40 milhões, dinheiro que foi parar nas mãos de quem não precisava, frisou Dhain Griebler.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019