Ijuí/RS - Terça-feira, 05 de Julho de 2022
Manchetes
Prefeitos da região vão a Brasília pela compensação de valores devido a redução de impostos promovida pelo governo Federal
CNM aponta impacto imediato nas receitas municipais de R$ 73 milhões devido a redução do ICMS
Programa em parceria com a prefeitura busca selecionar famílias para receber crianças em suas casas
Óbito de número 300 por Covid-19 foi registrado em Ijuí
Daniel Franco deixa o comando técnico do São Luiz
8° Edição da Expocelb é lançada em Coronel Barros
Novos ritos na Seplan aceleram processos em prol do desenvolvimento
PC apreende 4kg de Cocaína e 1kg de Crack durante abordagem a veículo
Inadimplência de consumidores do Demei ultrapassa R$ 12 milhões
Municipal de Futsal conhece seus campeões
Ijuí-RS
O tempo agora
27 de maio de 2022

Capitão Stivanin avalia início do trabalho em Ijuí

O novo subcomandante do 29º Batalhão de Polícia Militar de Ijuí e comandante do policiamento ostensivo – Capitão Josué Gonçalves Stivanin falou hoje na Repórter sobre o trabalho que vem desenvolvendo e disse que ainda se ambientando a sua nova realidade. Natural de Santiago, o militar está desde 2006 na corporação e envidou a patente de Capitão em 2014, após se formar em direito em 2012. Disse estar se apossando de informações a cerca do trabalho desenvolvido em Ijuí no combate a criminalidade, conhecendo o município e já apontando questões que precisam ser melhoradas no sentido da promoção da segurança da população.

Disse que a Brigada Militar possui uma ferramenta denominada Avante e que esta disponibiliza todos os índices de ocorrências com comparativos. A própria ferramenta e o Estado impõe metas à corporação fazendo com que as ações tenham sempre o objetivo de redução dos índices de criminalidade.

O comandante avaliou que Ijuí é uma cidade privilegiada duas vezes; primeiro pelo efetivo que tem e sua qualidade, e pela própria comunidade que é ordeira, trabalhadora e que quando há desvios de conduta faz questão de colaborar com a Brigada Militar. O capitão Stivanin destacou que o município vem numa decrescente nos índices de ocorrências depois de um pico registrado em 2019, e atribuiu isso ao trabalho dos órgaos de segurança e a colaboração dos órgãos de percepção penal, “o que é uma praxe em Ijuí”, disse.

Para o militar a colaboração do Ministério Público e do Judiciário, que apoiam as ações das forças de segurança, assim como vem ocorrendo no Estado com as ações conjuntas é fundamental para o sucesso das ações que visam a segurança da comunidade de bem. “É preciso oportunizar uma mudança de cultura na população para reduzir os índices de criminalidade e neste sentido é preciso haver sinergia. A Segurança Pública é uma colcha de retalho, então se algum pedaço faltar uma parte do corpo ficará descoberta”, avaliou ao reafirmar o trabalho desenvolvido em Ijuí pelos integrantes dos órgãos responsáveis pela segurança e garantia dos direitos da população.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019