Ijuí/RS - Sábado, 28 de Maio de 2022
Manchetes
São Luiz busca primeira vitória fora de casa na Série D neste sábado
Polícia Civil deflagra operação de combate a violência contra a Mulher
Capitão Stivanin avalia início do trabalho em Ijuí
SMMA inicia amanhã as ações que marcam o mês do meio ambiente
Campanha do agasalho segue em Ijuí com mais uma ação em praça pública
Chuva faz aumentar em 300% número de chamados para reparos em estradas do interior
Secretário Cláudio Souza assume presidência do Conseme
HCI atuará em benefício dos servidores da BM e da Modulada
Audiência virtual do TJ-RS é interrompida após homem aparecer sentado nu em vaso sanitário
BM cumpriu mandado de prisão no bairro São Paulo
Ijuí-RS
O tempo agora
14 de maio de 2020

Caixa recebe 2 milhões de pedidos para pausar crédito imobiliário

Em quase dois meses, a Caixa já registrou mais de 2 milhões de pedidos de pausa do crédito imobiliário. Os clientes que possuem financiamento imobiliário podem solicitar uma adiamento de até três meses no pagamento das prestações. A medida foi criada, em princípio, com prazo de dois meses, que depois passou para três para aliviar o bolso de famílias e empresas durante a pandemia do novo coronavírus.

Por causa das medidas de isolamento social, o banco também lançou um aplicativo, o Habitação Caixa, para as pessoas solicitarem a pausa das prestações, sem a necessidade de comparecimento às agências.

De acordo com o banco, podem solicitar o benefício clientes com contratos habitacionais, sejam pessoas físicas ou empresas, que estejam com as prestações em dia ou que registrem atraso de, no máximo, dois meses.

O adiamento de até três prestações pode ser pedido pelo aplicativo ou pelo telesserviço (telefones 3004-1105 para capitais ou 0800-726 0505 para demais cidades, opção 7), de segunda à sexta feira, das 8h às 20h.

Para os  contratos com atraso entre 61 e 180 dias, é possível renegociar e solicitar a pausa também por meio do aplicativo ou do telefone 0800 726 8068.

Isso inclui os clientes que financiaram por meio do programa “Minha Casa, Minha Vida”, voltado para a população de baixa renda. Quem utiliza atualmente o saldo do FGTS para reduzir o valor das prestações mensais não poderá solicitar a pausa.

Fonte: Rádio Repórter/ R7
voltar
© Copyright 2019