Ijuí/RS - Quarta-feira, 04 de Agosto de 2021
Manchetes
Vacinômetro mostra números da imunização em Ijuí
Lasier Martins disse na Repórter que voto auditável impresso não é retrocesso e sim uma forma do eleitor saber em quem realmente votou
Começam os preparativos da Semana da Pátria em Ijuí
Ijuí segue vacinação para pessoas de 27 e 26 anos
Ceriluz é campeão no prêmio Aneel, categoria acima de 10 mil unidades consumidoras
Estado lança programa para distribuir incentivos hospitalares de forma mais justa e transparente
Pouca umidade do solo evitou maiores danos na cultura em função das fortes geadas
Lideranças projetam ações para o desenvolvimento de Ijuí
Com alteração no recolhimento de lixo, prefeitura de Ijuí pretende adquirir contêineres para resíduos volumosos
Manifestantes pelo voto auditável impresso se reuniram neste domingo, 01, na Praça da República em Ijuí
Ijuí-RS
O tempo agora
21 de junho de 2021

Ao falar dos 86 do HCI, presidente da instituição afirma que situação do hospital está evoluindo com realização de auditorias

O Hospital de Caridade de Ijuí completou 86 anos no sábado, data lembrada pelo presidente, que se diz orgulhoso em trabalhar na instituição. Numa avaliação geral, doutor Douglas Uggeri, disse que as coisas estão evoluindo, após a realização de auditorias que apontaram diversos problemas, permitindo atacá-los com firmeza.

Entre as providências tomadas pela direção da casa, a renegociação de contratos de funcionários e corpo clinico, amenizou um pouco o sufoco. Por outro lado, já é possível projetar avanços tanto estruturais quanto de equipamentos, disse o médico no Fatorama.

Citou alguns aportes financeiros através de emendas recentemente encaminhadas pelos deputados, Danrlei Hinterholz, Gerson Burmann e Ernani Polo e a promessa de parte do deputado Giovani Cherini de viabilizar a compra de um novo acelerador linear para a radioterapia do HCI no próximo ano.

Doutor Uggeri projetou ainda a chegada de um novo aparelho para o serviço de oncologia, assim como a inauguração de uma nova ala para o tratamento de pacientes com câncer em agosto e melhorias no setor de transplante renal. Na área de cirurgia geral, o grande problema é a suspensão dos procedimentos eletivos em função da pandemia, fato que determina uma queda na entrada desses recursos no hospital, afirma o presidente.

Destacou por outro lado, os investimentos em medicação para tratamento de pacientes com Covid-19, cujos valores extrapolam qualquer realidade. Lembrou a saturação dos espaços destinados a esse público, diante do avanço no número de casos, apelando para que todos, independentemente de idade, não se arrisquem em aglomerações ou eventos sem o uso de máscara, alertando que o vírus está em toda parte.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019