Ijuí/RS - Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021
Manchetes
Trabalho prisional na Modulada é case de sucesso a ser implantado em outras casas prisionais gaúchas
Assinado o contrato para obra de pavimentação asfáltica em Coronel Barros
Cronograma de imunização contra a Covid segue na Estação Cultura
“Não podemos encerrar essa linda história que a Expo Ijuí Fenadi tem”, diz presidente da UETI
Quase metade das escolas estaduais da região não tem candidatos a diretor. Eleição ocorre a partir de amanhã
Bazar Solidário do Bom Pastor arrecadou quase R$ 50 mil
Pelo menos 2 mil estudantes das redes Estadual e Municipal estão realizando a prova do Saeb
Defesa das universidades comunitárias será bandeira de Busnello a partir de hoje na Câmara
Ômicrom no Brasil? Brasileiro vindo da África, testa positivo para Coronavirus
Brigada prende 2 por furto de veículo em Catuípe
Ijuí-RS
O tempo agora
6 de outubro de 2021

“Animais não são descartáveis e nem objetos”, afirma integrante de associação protetora que fará pedágio no sábado em Ijuí

A Associação Protetores dos Animais de Ijuí vai realizar no sábado (9) o denominado “Pedágio do Amor”. A movimentação ocorrerá na esquina das Ruas Ernesto Alves com 15 de novembro em frente a Agência da Caixa Federal com o intento de angariar recursos para a manutenção dos cuidados com animais que são abandonados no Município.

Nando Falcão, um dos integrantes do grupo disse que só ele cuida da alimentação de pelo menos 50 cães e a cada dia está mais difícil manter esses cuidados.

Liege San Martin destacou na entrevista ao Fatorama da Rádio Repórter que os Protetores dos Animais se propuseram a fazer um evento por mês para levantar recursos a fim de dar continuidade ao trabalho que vem sendo feito no cuidado, alimentação, castração entre outros. “O primeiro pedágio do amor quer contar com a colaboração dos ijuienses e qualquer valor será bem vindo. Gostaríamos que a comunidade fosse solicita conosco”, disse.

O pedágio que buscará recursos para manutenção dos serviços do grupo ocorrerá das 9h às 17h do sábado. Liege San Martin disse desde a fundação do grupo até hoje, todos os integrantes continuam fazendo serviço voluntário e sem parcerias com o Poder Público. Segundo ela, essa parceria está difícil com a Coordenadoria de Proteção Animal. “Nós estamos abertos, mas está difícil”, destacou ao salientar que infelizmente Ijuí tem muito animal abandonado e muitos animais em situação de maus tratos e “nós estamos muito sós nessa causa”, frisa.

Ela ressalta ser necessário haver mudanças por que a demanda diária é muito grande. São gatos, cães, cavalos e outros animais que diariamente são machucados , abandonados. “Ta na hora de haver mudanças e conscientização das pessoas em relação a importância dos animais. Eles não são descartáveis, não são objetos e essa educação precisa ser enfatizada também nas escolas”, disse ao reafirmar que este é um processo que precisa ser trabalhado dentro da sociedade.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019